Biografias

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por tmanfrini em Qui Jul 05, 2012 5:01 pm

Sim, Kafka

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Mat em Qui Jul 05, 2012 7:13 pm

Cartas belísssimas, aliás.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Cássia em Qui Jul 05, 2012 7:52 pm

Não sou muito de ler biografias (realmente não curto muito, prefiro o mistério em torno dos escritores/artistas que admiro), mas li essa biografia há um tempo por indicação de uma amiga e curti. É uma biografia bem minuciosa, a autora teve acesso a cartas bem íntimas de Callas:





Esse ano, um amigo me deu de presente de aniversário uma biografia do Jean Genet. Essa me interessa muito já que é um dos meus escritores favoritos:


Cássia
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 409
Data de inscrição : 13/10/2011
Idade : 29
Localização : Teresina

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Gourmet em Qui Jul 05, 2012 8:56 pm



Quando descobri Callas, foi um vinil duplo com encarte rico em fotografias que encontrei numa loja empoeirada do centro da cidade, meu fetiche adquiriu uma dimensão muito mais complexa. Eu sempre quis amar uma soprano enquanto ela cantava, de preferência num palco, mas até então era algo abstrato e vago.

Enquanto ouvia os discos na vitrola, minha ambição tomava uma forma. Callas era uma mulher linda, virtuosa. Eu queria amar a soprano numa cópula em três atos, enquanto meus tímpanos vibravam: um sexo moderato ma risoluto ed energico, depois lento con gran espressione e um epílogo allegro feroce e vigoroso. Coisas italianas que descrevem bem uma foda de verdade.

Quanto ao palco eu superei esse delírio, mas minha fantasia buscou refúgio na idéia das cortinas de veludo dos teatros. Eu era praticamente capaz de sentir a poeira velha daquelas cortinas vermelhas envolvendo a soprano enquanto ela cantava e nós cruzávamos com olhos vermelhos de alergia.

Eu realmente queria pegar a casta diva de jeito.

As cortinas dos teatros passaram a me excitar. Tive uma constrangedora ereção no Theatro Municipal que me impedia de levantar para aplaudir. Em minha cabeça, Maria, eu dizia, canta para mim. E ela cantava, eu comia. Eu chorava enquanto amava e a voz dela me arrepiava a pele. Meu coração disparava no mais agudo.

Era uma voz vigorosa, carregada de uma tristeza que só as cantoras de ópera possuem. Solene, profunda, imponente, eterna.

Depois descobri que Callas já havia morrido fazia quase duas décadas. A vitrola um dia parou de funcionar. Na última mudança os vinis se perderam. Assim morrem os sonhos. Mas a alergia à poeira que me deixava com olhos vermelhos nunca se foi totalmente.


Gourmet
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 665
Data de inscrição : 20/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Jabá em Qui Jul 05, 2012 9:51 pm

Gourmet escreveu:

Quando descobri Callas, foi um vinil duplo com encarte rico em fotografias que encontrei numa loja empoeirada do centro da cidade, meu fetiche adquiriu uma dimensão muito mais complexa. Eu sempre quis amar uma soprano enquanto ela cantava, de preferência num palco, mas até então era algo abstrato e vago.

Enquanto ouvia os discos na vitrola, minha ambição tomava uma forma. Callas era uma mulher linda, virtuosa. Eu queria amar a soprano numa cópula em três atos, enquanto meus tímpanos vibravam: um sexo moderato ma risoluto ed energico, depois lento con gran espressione e um epílogo allegro feroce e vigoroso. Coisas italianas que descrevem bem uma foda de verdade.

Quanto ao palco eu superei esse delírio, mas minha fantasia buscou refúgio na idéia das cortinas de veludo dos teatros. Eu era praticamente capaz de sentir a poeira velha daquelas cortinas vermelhas envolvendo a soprano enquanto ela cantava e nós cruzávamos com olhos vermelhos de alergia.

Eu realmente queria pegar a casta diva de jeito.

As cortinas dos teatros passaram a me excitar. Tive uma constrangedora ereção no Theatro Municipal que me impedia de levantar para aplaudir. Em minha cabeça, Maria, eu dizia, canta para mim. E ela cantava, eu comia. Eu chorava enquanto amava e a voz dela me arrepiava a pele. Meu coração disparava no mais agudo.

Era uma voz vigorosa, carregada de uma tristeza que só as cantoras de ópera possuem. Solene, profunda, imponente, eterna.

Depois descobri que Callas já havia morrido fazia quase duas décadas. A vitrola um dia parou de funcionar. Na última mudança os vinis se perderam. Assim morrem os sonhos. Mas a alergia à poeira que me deixava com olhos vermelhos nunca se foi totalmente.


Meu deus do céu! Laughing

Parabéns, amiche, esse foi o post do ano! Laughing

Fiquei arrepiado aqui, sério. Laughing

Você tá idêntico a um personagem de um conto que escrevi anos atrás pra mais um concurso. Ele se apaixonava por uma cantora Boliviana chamada Elza Babarath e mergulha num mundo de devaneio patológico semelhante a esse descrito por você. O herói sofre numa mistura de nerdice e erotismo e o final, porra! o final!!!!


Última edição por Jabá em Qui Jul 05, 2012 9:55 pm, editado 1 vez(es)

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Gourmet em Qui Jul 05, 2012 9:53 pm

Se quiser te canto uma ópera. Laughing

Gourmet
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 665
Data de inscrição : 20/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Jabá em Qui Jul 05, 2012 9:56 pm

amiche editei meu post. Smile

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por tmanfrini em Qui Jul 05, 2012 10:00 pm

ÓPERA! Go go Gourmet

aliás, metade de agosto haverá O Crepúsculo dos Deuses no Theatro Municipal SP. Like a Star @ heaven


Ô Jabá, posta aí seu conto.


tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Jabá em Qui Jul 05, 2012 10:03 pm

tmanfrini escreveu:ÓPERA! Go go Gourmet

aliás, metade de agosto haverá O Crepúsculo dos Deuses no Theatro Municipal SP. Like a Star @ heaven


Ô Jabá, posta aí seu conto.


Chama-se Babarath. Até olhei aqui no meu acervo mas curiosamente não tenho em meio digital. Tenho impresso, deve estar na gaveta que tem um letreiro vermelho em que se lê "FAIL".

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Gourmet em Qui Jul 05, 2012 10:05 pm

Embarassed Poxa, valeu, Jabá. Um elogio seu vale muito pra mim. Seus contos são coisa finíssima e fiquei com muita vontade de ler esse da Elza. Compartilha!

Eu já havia prometido fazer um microconto, mas nas duas tentativas de escrever algo novo os textos se expandiram pra outros horizontes e um continua ainda sendo gestado e provavalmente nunca será parido.

Mas a Callas é sensacional mesmo. O que ela canta é de partir o coração.

Gourmet
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 665
Data de inscrição : 20/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Gourmet em Qui Jul 05, 2012 10:06 pm

tmanfrini escreveu:
aliás, metade de agosto haverá O Crepúsculo dos Deuses no Theatro Municipal SP. Like a Star @ heaven

Já sabe, não vou poder aplaudir de pé. Laughing

Gourmet
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 665
Data de inscrição : 20/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Becco em Sex Jul 06, 2012 9:43 am

Gourmet escreveu:Quando descobri Callas, foi um vinil duplo com encarte rico em fotografias que encontrei numa loja empoeirada do centro da cidade, meu fetiche adquiriu uma dimensão muito mais complexa. Eu sempre quis amar uma soprano enquanto ela cantava, de preferência num palco, mas até então era algo abstrato e vago.

Enquanto ouvia os discos na vitrola, minha ambição tomava uma forma. Callas era uma mulher linda, virtuosa. Eu queria amar a soprano numa cópula em três atos, enquanto meus tímpanos vibravam: um sexo moderato ma risoluto ed energico, depois lento con gran espressione e um epílogo allegro feroce e vigoroso. Coisas italianas que descrevem bem uma foda de verdade.

Quanto ao palco eu superei esse delírio, mas minha fantasia buscou refúgio na idéia das cortinas de veludo dos teatros. Eu era praticamente capaz de sentir a poeira velha daquelas cortinas vermelhas envolvendo a soprano enquanto ela cantava e nós cruzávamos com olhos vermelhos de alergia.

Eu realmente queria pegar a casta diva de jeito.

As cortinas dos teatros passaram a me excitar. Tive uma constrangedora ereção no Theatro Municipal que me impedia de levantar para aplaudir. Em minha cabeça, Maria, eu dizia, canta para mim. E ela cantava, eu comia. Eu chorava enquanto amava e a voz dela me arrepiava a pele. Meu coração disparava no mais agudo.

Era uma voz vigorosa, carregada de uma tristeza que só as cantoras de ópera possuem. Solene, profunda, imponente, eterna.

Depois descobri que Callas já havia morrido fazia quase duas décadas. A vitrola um dia parou de funcionar. Na última mudança os vinis se perderam. Assim morrem os sonhos. Mas a alergia à poeira que me deixava com olhos vermelhos nunca se foi totalmente.

Sensacional! Isso que é um fato biográfico inusitado! Gostei muito das variações sexuais italianas!

Fiquei até com vontade de ler essa biografia da Callas. Vou procurar.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Jabá em Sab Jul 07, 2012 5:21 pm



Li esse em 2010. Nada pra levar a sério mas é divertido. Traz alguns detalhes pitorescos das biografias de alguns dos grandes.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Mat em Seg Jul 09, 2012 8:01 pm



old but gold

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Deco em Ter Jul 10, 2012 8:40 am



Li apenas o 1° volume do biografia do Fest,quero muito ler esta aqui que me parece um trabalho tão completo quanto o do Fest.



Uma das biografias mais minuciosas que li e provavelmente a melhor de Joyce até então.




Sei que já foi citada aqui,mas desejo ler a mesma por se tratar de balanço intelectual que situa o biografado em seu tempo histórico e vai de encontro as leituras lights e politicamente corretas feitas de Nietzsche nos últimos tempos.

Deco
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 305
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Deco em Ter Jul 10, 2012 9:09 am




Deco
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 305
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Jabá em Ter Jul 10, 2012 8:02 pm

Deco escreveu:

Li apenas o 1° volume do biografia do Fest,quero muito ler esta aqui que me parece um trabalho tão completo quanto o do Fest.

Essa biografia é bem superior à do Fest. Foi publicada ano passado aqui é é bem mais completa, apesar da do Fest ser Excelente. Recomendo ler primeiro a dele pra depois ler a do Kershaw.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Deco em Qua Jul 11, 2012 9:29 pm

Jabá eu já li o primeiro volume da bio feita pelo Fest mas sabendo q a do Kershaw é mais completa demorarei em comprar o 2º volume,pelo tamanho da biografia até que os exploradores da Cia não estão vendendo tão caro( 78 reais) apesar de terem suprimido notas e referencias que segundo a editora interessavam mais a um publico acadêmico.

Deco
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 305
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por tiago em Qua Jul 25, 2012 10:58 am

Mat escreveu:



Céleste Albaret escreveu: Hoje compreendo que toda a pesquisa do Sr. Proust, todo o seu grande sacrifício para a sua obra, foi o de se enfiar dentro do tempo para recuperá-lo. Quando não mais existe o tempo, existe o silêncio. Ele precisava do silêncio para entender apenas as vozes que queria compreeender, aquelas que estão em seus livros. Na época, eu não pensava nisso. Mas agora, à noite, quando estou só, não durmo e reflito, creio vê-lo como certamente ele era, no seu quarto, depois que eu o deixava - sozinho também. mas na sua noite, ainda que do lado de fora o dia já se fizesse, trabalhando nos seus cadernos. E eu sonho que estou lá, sem dúvida até o final ou quase, e que ele quis essa solidão e esse silêncio, sabendo que o matariam. Mas, então, lembro-me do que me disse mais tarde o professor Robert Proust: "Meu irmão poderia ter vivido por mais tempo se tivesse aceitado viver a vida como todo mundo. Mas ele a quis, ele a quis assim para sua obra: não podemos senão nos conformar". E, sobretudo, compreender a voz do Sr. Proust:
-Estou muito cansado, querida Céleste. Mas é preciso, é preciso...


tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Gourmet em Qua Jul 25, 2012 2:36 pm

Minha próxima biografia será o Conversas com Woody Allen. Acho que se enquadra nessa categoria também, não?

Gourmet
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 665
Data de inscrição : 20/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Mat em Dom Ago 05, 2012 6:26 pm

tpnocera escreveu:
Mat escreveu:



Céleste Albaret escreveu: Hoje compreendo que toda a pesquisa do Sr. Proust, todo o seu grande sacrifício para a sua obra, foi o de se enfiar dentro do tempo para recuperá-lo. Quando não mais existe o tempo, existe o silêncio. Ele precisava do silêncio para entender apenas as vozes que queria compreeender, aquelas que estão em seus livros. Na época, eu não pensava nisso. Mas agora, à noite, quando estou só, não durmo e reflito, creio vê-lo como certamente ele era, no seu quarto, depois que eu o deixava - sozinho também. mas na sua noite, ainda que do lado de fora o dia já se fizesse, trabalhando nos seus cadernos. E eu sonho que estou lá, sem dúvida até o final ou quase, e que ele quis essa solidão e esse silêncio, sabendo que o matariam. Mas, então, lembro-me do que me disse mais tarde o professor Robert Proust: "Meu irmão poderia ter vivido por mais tempo se tivesse aceitado viver a vida como todo mundo. Mas ele a quis, ele a quis assim para sua obra: não podemos senão nos conformar". E, sobretudo, compreender a voz do Sr. Proust:
-Estou muito cansado, querida Céleste. Mas é preciso, é preciso...



Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por César em Seg Ago 06, 2012 11:34 am

Proust Laughing

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Jabá em Seg Ago 06, 2012 1:00 pm

Laughing

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Mat em Seg Ago 06, 2012 3:49 pm

Jabá e César Laughing

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Becco em Seg Ago 06, 2012 6:18 pm

César escreveu:Proust Laughing

Porra, César! Chegou primeiro.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Biografias

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 11:29 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum