Por onde começar?

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por tiago em Dom Set 23, 2012 10:30 pm

Max Bóris escreveu:Apesar de ter Irmãos Karamázov e Crime e Castigo, penso em começar a ler Dostoiévski pela ordem cronológica. Será que faz tanta diferença assim?

Uma sugestão é ler Crime e Castigo e depois ler os livros na ordem cronológica.

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Becco em Seg Set 24, 2012 7:09 am

Eu, no começo, também tentei pela ordem cronológica, mas fiquei muito ansioso pra ler os grandes romances. Li-os, e fiz o resto na ordem cronológica.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por lavoura em Qui Set 27, 2012 10:50 pm

Eu quero ler O duplo e Noites brancas.
E também ler tudo que tenho do Gógógol.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Luís Miguel em Qua Out 03, 2012 6:28 am

Bom dia.

Sou novo no fórum e gostava que me aconselhassem, de algum modo.
Comecei a interessar-me por literatura russa à relativamente pouco tempo ,(1/2 anos), e desde então, li algumas obras, mas só de Dosto, como já vi que o chamam.
Agora gostava de fazer uma pausa e ler outros autores. Sei que Tolstoi é grandioso também, já tenho alguns livros dele para ler. Entretanto, interessei-me por Pushkin mas só li a "Dama de Espadas".
O que me aconselham?

Obrigado

Luís Miguel
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 2
Data de inscrição : 26/09/2012
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Franz em Qua Out 03, 2012 9:26 am

Luís Miguel escreveu:Bom dia.

Sou novo no fórum e gostava que me aconselhassem, de algum modo.
Comecei a interessar-me por literatura russa à relativamente pouco tempo ,(1/2 anos), e desde então, li algumas obras, mas só de Dosto, como já vi que o chamam.
Agora gostava de fazer uma pausa e ler outros autores. Sei que Tolstoi é grandioso também, já tenho alguns livros dele para ler. Entretanto, interessei-me por Pushkin mas só li a "Dama de Espadas".
O que me aconselham?

Obrigado

Eu leria primeiro os principais trabalhos de Pushkin, Gogol e Tchekhov. Afinal, Pushkin e Gogol praticamente deram origem a todos os escritores russos do período e Tchekhov é sempre bom para começar. Só depois partiria para obras gradativamente mais "densas", como Dostoiévski e Tolstoi.

Mas sou impulsivo, por mais que tente organizar uma lista de autores e obras, sempre leio a que mais me atrai no momento.

Franz
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 143
Data de inscrição : 23/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Becco em Qua Out 03, 2012 9:47 am

Aconselho Tchekhov.
É o melhor custo benefício. Muitos contos traduzidos diretamente do russo, com várias temáticas e humores, pelo menor preço.

Pegue os da L&PM ou os da 34 [se você tiver mais dinheiro] e manda ver.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por lavoura em Qua Out 03, 2012 10:23 am

E eu indicaria Gógol.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Luís Miguel em Qua Out 03, 2012 1:30 pm

Essas são traduções para brasileiro ou português?

Luís Miguel
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 2
Data de inscrição : 26/09/2012
Idade : 25

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por tiago em Qua Out 03, 2012 1:56 pm

Luís Miguel escreveu:Essas são traduções para brasileiro ou português?

Português, as edições são brasileiras.

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Jabá em Qua Out 03, 2012 2:01 pm

Eu não sabia que já estavam traduzindo para brasileiro.

Nóis fumo mais nóis vortemo.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por lavoura em Qua Out 03, 2012 3:23 pm

Pelo menos em jogos e filmes, vejo bastante o pessoal usando o termo PT-PT para designar português de portugal e PT-BR para português do Brasil.
Não sei se o termo é correto, mas é bem prático.

Sobre gógol.Pelo menos o Almas mortas é tradução direta do russo e tem aos montes nos sebos.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Franz em Sex Nov 09, 2012 6:44 pm

Já vi algumas vezes pegarem traduções portuguesas e "abrasileirarem". Como em algumas obras do Dostoiévski, onde aparecem os nomes Natália Nunes e Oscar Mendes.

Natália Nunes traduziu Dostoiévski para o português falado em Portugal, Oscar Mendes adaptou.

Franz
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 143
Data de inscrição : 23/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Jabá em Seg Nov 12, 2012 8:14 am

Dostoiévski e outros russos em português

Com 29 russos de um catálogo total de 32 títulos, a coleção Leste é um dos grandes sucessos da Editora 34. O editor Cide Piquet, que trabalha há 12 anos na casa e é um dos responsáveis pela coleção hoje, recebeu a Gazeta Russa para contar um pouco do projeto às vésperas do lançamento de O Duplo, de Fiódor Dostoiévski, e Minha Vida, de Anton Tchekhov. E já adiantou que um dos próximos projetos da editora são os contos de Kolimá, de Varlam Chalamov.

Como e quando começou a coleção Leste?

A coleção começou em 1994. A princípio, a ideia não era publicar literatura russa somente, não em peso, como a gente faz hoje. A ideia era publicar autores do Leste europeu desconhecidos: literatura húngara, tcheca, que é pouquíssimo conhecida aqui. O projeto é do [poeta, tradutor e ensaísta] Nelson Ascher, que era o coordenador da coleção. Começou com esse perfil, tem uma meia dúzia de livros que a gente lançou, como [o tcheco] Karel Capek, entre outros. São poucos, mas são livros muito bons e teve gente que nessa época já virou meio fã da coleção.
Só que, depois, já no final da década de 1990 a gente lançou um livro do poeta russo Aleksandr Púchkin, que era uma tradução do Nelson Ascher com o Boris Schnaiderman. Com o lançamento do Púchkin os russos começam a entrar na história. Na verdade, o Boris entra, e isso é muito importante, porque pouco depois a gente publicou um livro do escritor Anton Tchekhov, a primeira tradução só do Boris que a gente publicou por aqui.
A essa altura, o Boris praticamente não traduzia mais, então começamos a republicar e reeditar traduções antigas. Mas o mais importante foi estabelecer esse contato e essa parceria com o fundador dos estudos de tradução de russo no Brasil, o primeiro e maior tradutor na área.

E literatura moderna?

A literatura moderna está no forno! Procuramos mais tradutores, ampliar o leque de autores também, porque antes tinha Tchekhov, Dostoiévski... Então começamos a publicar outro tipo de material do próprio Tchekhov, do Gógol e também, com tradução de Paulo Bezerra, o Nikolai Leskov – um escritor super importante, que o Walter Benjamin cita no ensaio O Narrador–, o Vladímir Maiakóvski e vamos publicar ainda neste ano uma coletânea de Leskov traduzida pelo Noé Silva, professor da USP.
Essa é uma preocupação nossa. Já que a coleção está indo tão bem, a gente tem condições de apostar um pouco, de lançar autores novos e menos conhecidos. É claro que está sendo um risco, porque a gente sabe que Dostoiévski e Tolstói sempre vão vender. Por outro lado, o sucesso da coleção dá essa confiança.

Quais as dificuldades na implantação da coleção?

A 34 faz um trabalho quase artesanal. O que diferencia a editora é realmente essa preocupação com a qualidade. Então é uma opção da editora lançar menos títulos com mais qualidade. A gente lança de 20 a 30 títulos por ano, o que não é pouco, mas lógico que não se pensando na Cia. das Letras ou na Cosac & Naif, que devem estar publicando cerca de 100 títulos por ano. Já há alguns anos, escolhemos essa opção e ficar nesse formato que sempre fizemos, que a gente gosta e sabe fazer bem, que é publicar tudo com muito cuidado. E o grande trabalho para nós é o texto de fato – o projeto gráfico, é tudo muito cuidadinho, mas o texto é o que toma mais tempo, é o processo mais meticuloso. No caso da coleção, por ser uma língua mais distante, acho que a tradução é de fato a maior dificuldade. Também porque não é uma língua para a qual se tenha milhões de tradutores, então temos de escolher com cuidado cada projeto.

Como é o sucesso da coleção em termos de vendagem?

No começo, com outros autores do Leste europeu, até era uma coleção que tinha seus fãs, mas em termos comerciais não era nada demais. O boom comercial foi de fato com o Dostoiévski, com Crime e Castigo. Notas do Subsolo já era um livro que vendia bem, mas ganhou dimensão exepcional com Crime e castigo e continuou com Os Demônios, Irmãos Karamázovi etc. Nosso best-seller até hoje deve ser Divina Comédia, do Dante, mas os do Dostoiévski estão sem dúvida entre os que mais vendem da editora. A tiragem média aqui é de 3 mil exemplares, mas no caso do Dostoiévski aconteceu de a gente fazer tiragem de 5 mil porque sabia que ia vender. No caso dos Karamázovi fizemos tiragem de 10 mil que vendeu em um mês e depois continuou fazendo mais e mais.

http://gazetarussa.com.br/articles/2011/11/02/dostoievski_e_outros_russos_em_portugues_12742.html

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Becco em Seg Nov 12, 2012 8:20 am

Raskolnikov rsponsável pelo BOOM! O povo quer ver é machado na véia!

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Maloquero em Qua Jan 30, 2013 8:39 am

Tchekov é fácil de achar em sebos? Pesquisei na biblioteca do cefet-mg e não achei nenhum livro do autor.

Maloquero
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 3
Data de inscrição : 29/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Jabá em Qua Jan 30, 2013 8:43 am

Maloquero escreveu:Tchekov é fácil de achar em sebos? Pesquisei na biblioteca do cefet-mg e não achei nenhum livro do autor.

Depende do sebo. Essas edições são relativamentes fáceis:





Agora, pelo menos as bibliotecas das universidades daqui e os institutos federais quase não tem nada de literatura estrangeira.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por -Bruno em Qui Jul 11, 2013 5:03 pm

Olá galera, estava pesquisando mais sobre literatura russa e acabei caindo de paraquedas no fórum, gostei muito das recomendações. Laughing 

Sempre tive muito interesse na cultura russa, e sua literatura, e agora que minhas férias estão chegando, pensei que essa seria a ocasião perfeita pra iniciar nesse mundo.

Lendo os tópicos, eu fiquei com dúvida em uma questão: a tradução é tão importante assim? Agora fiquei com o pé atrás de comprar edições antigas em sebo (sou comprador ativo do site Estante Virtual) por não saber a procedência das traduções, como agir quando essa dúvida aparecer?

Por exemplo, estou com planos de amanhã comprar a coleção em 4 volumes do Guerra e Paz de 1957 da editora itatiaia, é confiável ou não?

Obrigado pelo excelente fórum, abraços. Very Happy

-Bruno
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 3
Data de inscrição : 11/07/2013
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por César em Qui Jul 11, 2013 6:13 pm

A tradução é extremamente importante, Bruno, mas tudo depende do seu nível de leitura, que no seu caso não me parece baixo. Costumo dizer que uma geração toda se formou com Dostoiévskis e Tolstóis em tradução indireta, por que nós precisamos tanto de traduções diretas? Enfim, talvez necessitemos, mas nem tanto quanto hoje as editoras o fazem parecer.

As obras principais da literatura russa foram todas traduzidas de forma direta da língua russa só na última década, com exceção das obras mais finas dos autores que foram traduzidas por uma meia dúzia de tradutores nos últimos 60 anos, por isso não é difícil você encontrar um irmão Karamazov tomando champanhe invés de vodka.

Enfim, trocando em miúdos, compre as edições da Cosac e da 34. E ah, aproveite que no Extra online elas são mais baratas. E leia esse artigo para a iniciação na vida das traduções http://revistapiaui.estadao.com.br/edicao-47/questoes-literarias/nossos-tres-russos

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por -Bruno em Qui Jul 11, 2013 6:57 pm

Muito obrigado pelas informações, César! cheers 

Passarei a me ligar mais na questão das traduções, uma vez que ler a obra o mais original possível é muito importante.

Sobre as edições, eu achei uma edição pocket da editora L&PM com a tradução de João Gaspar Simões... depois de dar uma pesquisada sobre o tradutor, essa me pareceu uma versão bem confiável, procede? Seria importante pra mim porque eu gostei foi do precinho dessa edição. Laughing 

Abraços!

-Bruno
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 3
Data de inscrição : 11/07/2013
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por César em Qui Jul 11, 2013 8:28 pm

Ele não traduz diretamente! Da LPM só a Maria Aparecida Botelho Soares (ou algo assim) traduz diretamente!

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por -Bruno em Qui Jul 11, 2013 8:49 pm

Verdade, eu deixei esse fato passar batido... uma pena que não seja direta, vou comprar a edição mais confiável mesmo.

Novamente muito obrigado.

-Bruno
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 3
Data de inscrição : 11/07/2013
Idade : 20
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Conradorfb em Sex Jul 12, 2013 6:47 am

Eu indicaria, para começar a ler qualquer coisa na literatura russa, O Capote, de Gogol. É o conto chave!

Conradorfb
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 12
Data de inscrição : 21/06/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por RafaelS em Sex Jul 12, 2013 11:27 am

Mais importante que procurar no extra online é no buscapé, já que as vezes ponto frio, casas bahia e extra revezam o preço mais barato (essas lojas online fazem parte de uma mesma empresa)

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por lavoura em Sex Jul 12, 2013 4:57 pm

Sinceramente, eu tenho sérias dúvidas quanto o quão importante é uma tradução direta ou indireta. Poética ou exata e por aí vai.
Mas compre as edições da Cosac e 34 pois são muito mais bonitas e não causam rinite.

Acho que é em agosto o dia de 50% de desconto Cosac&naify, então dá para juntar um dinheirinho e comprar uns títulos.
Eles tem bastante coisa do Tolstói, do Babél, turguêniev, Tchekhov, Górki e tal.
34 tem todo o resto, menos Púchkin ,acho eu.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por lavoura em Sex Jul 12, 2013 4:58 pm

Quer dizer, tem coisa do Puchkin sim, eu que estava viajando.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar?

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:57 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum