Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Mensagem por Mat em Sex Jan 11, 2013 2:04 pm



Sua obra, profundamente revolucionária na forma e nas idéias que defendeu, apresenta-se coerente, original, veemente, una. A linguagem que emprega é a do dia a dia, sem nenhuma consideração pela divisão em temas e vocábulos “poéticos” e “não-poéticos”, a par de uma constante elaboração, que vai desde a invenção vocabular até o inusitado arrojo das rimas.

Fazendo parte do grupo "Hylaea", que daria origem ao chamado cubo-futurismo, seu primeiro livro de poemas, no entanto, seria de estética influenciada pelo simbolismo, e nunca chegaria a público, tendo sido escrito quando o poeta estava na prisão e apreendido pela polícia no momento da sua libertação.

Aproximando-se de David Burliuk na década de 1910, passa a escrever em um estilo aproximado do Cubismo e do Futurismo, influenciado pelo primitivismo eslavista e pela linguagem transracional de Velimir Khlebnikov e outros, repleto de imagística urbana e surpreendente, com um certo ar impressionista e, ainda, simbolista. Esta fase de sua poesia é a mais apreciada por poetas como Boris Pasternak, em função de ainda manter alguns recursos simbolistas e métrica rigorosa em alguns poemas.

Em seguida, já na década de 1920, sua poesia, apesar de haver uma continuidade no que diz respeiro à inovação rítmica, à rimas inusitadas, ao uso da fala cotidiana e mesmo de imagens inusitadas, assume um tom direto.

Ao mesmo tempo, o gosto pelo desmesurado, o hiperbólico, alia-se em sua poesia desta época à dimensão crítico-satírica. Criou longos poemas e quadras e dísticos que se gravam na memória. Traduções sem preocupação com a forma dos poemas produzidos nesta época têm dado ao público uma imagem errônea do poeta, fazendo-o parecer um "gritador".

Na realidade, era um poeta rigoroso, que chegava a reescrever sessenta vezes o mesmo verso e recolhia muito material informativo e linguístico para posterior uso nos seus poemas. Criou também ensaios sobre a arte poética e artigos curtos de jornal; peças de forte sentido social e rápidas cenas sobre assuntos do dia; roteiros de cinema arrojados e fantasiosos e breves filmes de propaganda.

Tem exercido influência profunda em todo o desenvolvimento da poesia russa moderna, bem como sobre outros poetas e movimentos no mundo inteiro, como Hamid Olimjon, Nazım Hikmet, Hedwig Gorski


Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Mensagem por Oric em Seg Jan 14, 2013 2:33 pm

Gosto muito do Maiakovski!

Comecei pelo "Vida e Poesia", da Martin Claret:



Imagino que as traduções ou devem ser ruins ou plágio Laughing mas deu vontade de conhecer mais.


Poemas com tradução dos irmãos Campos e Boris Schnaiderman. Aqui dá para confiar. Gostei muito e é uma pena não ter mais poemas dele traduzidos por aqui. Nesse site dá para conferir alguns: http://www.culturapara.art.br/opoema/maiakovski/maiakovski.htm

Li também as peças:


Mistério Bufo, da editora Musa. Edição bilingue com tradução direta do russo. Basicamente uma Divina Comédia (naturalmente guardando as devidas proporções) em busca do tão sonhado mundo da igualdade e liberdade. A 34 está para lançar uma nova tradução dessa peça, que dizem ser a versão final, que foi modificada após a estreia. Fiquei curioso.


O Percevejo. Também da Editora 34, considero essa até melhor que a anterior, mas acho que as duas fazem uma dobradinha das mais interessantes. Se na primeira Maiakovski estava empolgado com a revolução, a enaltecendo, aqui ele já mostra os problemas da burocratização stalinista, numa forte crítica. Um ano após escrever a peça, em 1930, se suicida. Destaque também para a edição da 34, com um ótimo posfácio do Schnaiderman comentando a peça e sua montagem no Brasil na década de 1980.

Também tinha muita vontade de ler a biografia dele, mas a edição da Record era cara (69,90). Num belo dia a Saraiva fez uma bizarra promoção por 12,90, ainda adicionei uns cupons e saiu por menos de dez. Laughing

Gostei bastante da leitura. A vida dele foi das mais interessantes e há todo o panorama cultural da época. Muito foda os poetas fazendo turnê para recitar poesia de cidade em cidade, como astros do rock.

Por fim gostaria de salientar que apesar de sua obra ser marcada pela política, os poemas (e peças) de Maiakovski possuem alto valor estético e tratam de vários temas. Creio que pelos poemas do link acima dê para perceber. Deixo aqui um que é bastante sonoro e me pareceu bastante difícil de traduzir. Os colegas que entendem russo poderão apreciar melhor: http://festarussabalalaika.blogspot.com.br/2009/11/maiakovski.html

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Mensagem por César em Seg Jan 14, 2013 11:18 pm

34 já lançou Mistério bufo, já estou lendo inclusive Laughing

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Mensagem por Jabá em Ter Jan 15, 2013 9:05 am

Maiakovski tem cara de doido.

Pretendo ler um dia.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Mensagem por lavoura em Qua Jan 16, 2013 1:36 pm

César escreveu:34 já lançou Mistério bufo, já estou lendo inclusive Laughing
Bonita a Capa:


lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Mensagem por Mat em Qui Jan 17, 2013 2:46 am

Oric escreveu:Por fim gostaria de salientar que apesar de sua obra ser marcada pela política, os poemas (e peças) de Maiakovski possuem alto valor estético e tratam de vários temas

Valeu, Oric. Nunca me animava muito em começar a ler o Maiakovski justamente por pensar que seus poemas de alguma forma não eram emocionantes.

Obrigado pelas dicas. Devo ler esses volumes lançados pela 34 e essa antologia com a tradução dos irmãos Campos.

Jabá escreveu:Maiakovski tem cara de doido.

Verdade Laughing


Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Mensagem por Becco em Seg Jan 21, 2013 6:24 am

Só tenho esses:





Ainda não os li, mas pretendo começar pela biografia.
Ia comprar esse da Martin Claret, mas desconfiei da tradução.

E Maiakóvski foi o primeiro pop-star da literatura russa.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vladimir Maiakovski [Влади́мир Влади́мирович Маяко́вский]

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:37 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum