SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por tiago em Ter Jan 15, 2013 6:32 am



William Shakespeare escreveu 13 comédias, 13 peças históricas, 6 tragédias, 4 tragicomédias, 154 sonetos, bem como três poemas longos, Vênus e Adônis, O Rapto de Lucrécia, e A Lover’s Complaint (Queixa de um amante), antes de morrer em seu aniversário em 1616 com a idade de 52 anos.

Considerado o maior dramaturgo que já viveu, seus sonetos e peças constituem a mais alta expressão da poesia inglesa de todos os tempos.

William Shakespeare nasceu em 23 de abril de 1564, filho de John Shakespeare e Mary Arden, em Stratford-upon-Avon, numa família que nos padrões de hoje seria considerada classe média. John Shakespeare era um vereador e mais tarde foi eleito prefeito de Stratford, que era o mais alto posto que um civil poderia atingir na política.

William Shakespeare foi o terceiro de oito filhos dos Shakespeares. Pouco se sabe sobre a infância dos outros irmãos de Shakespeare. A respeito de William, sabe-se que ele foi para a Stratford Grammar School e nunca estudou em Oxford ou Cambridge.

Em 1582, aos 18 anos, William Shakespeare casou com Anne Hathaway, que tinha 26 anos. No ano seguinte, Susanna Shakespeare nasceu e dois anos depois nasceram os gêmeos Judith e Hamnet.

Os anos entre 1585 e 1592 são conhecidos como os anos perdidos. São os anos em que há pouca evidência do que William Shakespeare estava fazendo ou onde estava vivendo. Acredita-se que foi durante este período que Shakespeare se mudou para Londres e foi um aprendiz em uma das salas de teatro de lá.

Desconhece-se os teatros nos quais Shakespeare escreveu e atuou antes de 1594. Há evidências ainda de que em 1594 Shakespeare tornou-se sócio de uma empresa chamada Men The Lord Chamberlain, que por sua vez era uma das empresas mais populares atuando em Londres.

Também é sabido que por volta de 1594, Shakespeare já havia escrito pelo menos seis peças que tinham sido produzidas. Além de ser um sócio e trabalhar para Men The Lord Chamberlain ele também escreveu duas peças em um ano para eles.

Com sua troupe de atores e com a prosperidade do teatro, em 1597 Shakespeare comprou a casa New Place, a segunda maior em toda Stratford.

Em 1599, Shakespeare e outros seis homens compraram um novo teatro ao ar livre em Londres chamado The Globe, que foi um dos maiores teatros da Inglaterra.

James I, rei da Inglaterra, assumiu o trono em 1603, quando sua prima, a rainha Elizabeth I, morreu. O Rei James apoiou Shakespeare e sua troupe lhes dando a licença para chamarem-se King’s Men (Os Homens do Rei), em troca de entreter o tribunal regularmente. The King’s Men se tornou o primeiro grupo teatral de seu tempo.

Este foi também o tempo durante o qual Shakespeare estava escrevendo suas peças mais famosas, como as suas tragédias Antônio e Cleópatra, Júlio César, Hamlet, Rei Lear, Macbeth e Otelo.

Apenas quatro escritos foram produzidos nos últimos oito anos de Shakespeare. Sua última peça, Henrique VIII é datado de 1613.

Em 1616, a filha caçula de Shakespeare casou-se com Thomas Quiney. Dois meses depois Shakespeare morreu e foi sepultado dentro da igreja da paróquia de Stratford. O último descendente direto de Shakespeare morreu em 1670. Ela era sua neta Isabel, que nunca tivera filhos.


Spoiler:
William Shakespeare escreveu:Now my Charmes are all ore-throwne,
And what strength I haue's mine owne.
Which is most faint: now 'tis true
I must be heere confinde by you,
Or sent to Naples, Let me not
Since I haue my Dukedome got,
And pardon'd the deceiuer, dwell
In this bare Island, by your Spell,
But release me from my bands
With the helpe of your good hands:
Gentle breath of yours, my Sailes
Must fill, or else my proiect failes,
Which was to please: Now I want
Spirits to enforce: Art to inchant,
And my ending is despaire,
Vnlesse I be relieu'd by praier
Which pierces so, that it assaults
Mercy it selfe, and frees all faults.
As you from crimes would pardon'd be,
Let your Indulgence set me free.

Spoiler:
William Shakespeare escreveu:Blunt-witted lord, ignoble in demeanour,
If ever lady wrong'd her lord so much,
Thy mother took into her blameful bed
Some stern untutor'd churl, and noble stock
Was graft with crab-tree slip, whose fruit thou art,
And never of the Nevils' noble race.

Vamos discutir!

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por lavoura em Ter Jan 15, 2013 1:07 pm

Bem, voltarei a esse tópico. Do Shakespeare só li Romeu & Julieta alguns anos atrás. Pretendo iniciar no final de semana a leitura de Macbeth ou Otello.
Alguém sabe de alguma edição que tenha os três poemas??

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por tiago em Qua Jan 16, 2013 7:45 am

Muito bom fica a dica Wink

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Tiago Pavan em Qua Jan 16, 2013 11:19 am

lavoura, tem o "Teatro Completo: Dramas Históricos" publicado pela Editora Agir numa tradução famosa do Carlos Alberto Nunes. São três volumes. Tem uma oferta relativamente barata no submarino por R$89,91: Livro - Teatro Completo: Dramas Históricos

Tiago Pavan
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 2
Data de inscrição : 15/01/2013

Ver perfil do usuário http://30porcento.com.br/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por lavoura em Qua Jan 16, 2013 12:59 pm

Eu tenho essas edições da Agir. São muito belas! E tive um trabalho desgraçado para achar o volume do Tragédias, que está esgotado em todo lugar. Bom pretendo fazer uso deles em breve.O Oric comentou que comprou esses volumes também.
Além deles eu tenho o 50 Sonetos da nova fronteira com tradução do Ivo Barroso ( Preciso confirmar mas me parece ter os 150 sonetos)



Ficou meio confuso meu Post, eu estava me referindo aos três poemas longos:
Vênus e Adônis, O Rapto de Lucrécia, e A Lover’s Complaint (Queixa de um amante).



Será que tem alguma edição com os 3 compilados?

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Mat em Qua Jan 16, 2013 1:54 pm

Muito interessante as relação do Hamlet com o Ulysses.

Quero comprar esse volume de obra completa.

É uma grande falta aqui na minha biblioteca.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Oric em Qua Jan 16, 2013 3:43 pm

lavoura escreveu:Eu tenho essas edições da Agir. São muito belas! E tive um trabalho desgraçado para achar o volume do Tragédias, que está esgotado em todo lugar. Bom pretendo fazer uso deles em breve.O Oric comentou que comprou esses volumes também.
Também tive trabalho com o Tragédias. Só fui conseguir através de uma encomenda numa livraria aqui da cidade. Pena que lá o desconto máximo é 10%. Mas ao menos os outros dois volumes peguei um desconto muito bom no Extra.

Havia lido algumas peças do Shakespeare antes de entrar faculdade. Na época não gostava muito de ler teatro, mas peguei por ser um autor tão clássico e ter influenciado muito o Huxley, tendo inspirado o título (e várias passagens) de um dos livros que mais gostei na época e segue assim até hoje: Admirável Mundo Novo.

Li na tradução do Carlos Alberto Nunes: Macbeth (minha favorita na época, trama política muito bem construída), Romeu e Julieta e A Tempestade (essa foi a única que não gostei tanto, justo a que inspirou o nome do livro). E na tradução da Barbara Heliodora: O Mercador de Veneza (também muito boa). Na época nem me importava tanto com tradução, fui descobrir quais foram os tradutores que li numa consulta feita na biblioteca ano passado. Laughing

Depois de um longo tempo sem ler nada dele, voltei ano passado (já gostando de ler teatro): li Hamlet e Rei Lear, ambas na tradução do Millôr.

E bem, é chover no molhado, mas Shakespeare é garantia de uma leitura muito interessante, sempre com personagens muito bem construídos, diálogos afiados e monólogos inteligentes. Isso tudo em poucas páginas. Justamente por isso acho um autor ideal para se combinar leituras conjuntas. Esse ano planejo ler ao menos seis peças. Talvez todo o volume de Dramas Históricos. Smile

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por tiago em Qua Jan 16, 2013 9:03 pm

Recomendo Titus Andronicus, uso de violência cruel e crua pra retratar decadência moral acontecendo dentro da cena.
Ricardo III é outro clássico, é sequência direta das peças Henry VI parte 1, 2 e 3, recomendo lê-las para entender algumas coisas, foram que nelas tem outro desses personagens incríveis, a rainha Margareth.
A megera domada é uma que não compreendi muito bem, talvez porque comédias dependam tanto de jogos de palavras e de perfomance pra funcionar; o final há um monólogo ambíguo e esquisitíssimo que corresponderia a "domação da megera" mas é uma passagem memorável.
Parece que A tempestade é pra ser lida primeira ou por último, pois é meio que um resumo da obra dele, contendo vários elementos de todas as peças, tipo Irmãos Karamazóvi. A passagem que eu postei é a última dele e é basicamente o Shakespeare se despedindo e esperando que tenha agradado ao público.

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Oric em Sab Jan 19, 2013 10:17 am

Obrigado pelas indicações, Tiago.

Justamente Tito Andrônico e Ricardo III eu havia também comprado pela LPM, na tradução da Beatriz Viégas-Faria, antes de adquirir as edições da Agir, pois as duas peças me pareceram muito interessantes.

Vou seguir sua dica e conferir Henry VI antes.

Interessante esse seu comentário sobre A Tempestada. Vou tentar me ater mais a isso.

Quais traduções de Shakespeare no Brasil vocês acham melhores?

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Mat em Sex Jan 25, 2013 8:11 pm

"This is the excellent foppery of the world, that,
when we are sick in fortune,--often the surfeit
of our own behavior,--we make guilty of our
disasters the sun, the moon, and the stars: as
if we were villains by necessity; fools by
heavenly compulsion; knaves, thieves, and
treachers, by spherical predominance; drunkards,
liars, and adulterers, by an enforced obedience of
planetary influence; and all that we are evil in,
by a divine thrusting on: an admirable evasion
of whoremaster man, to lay his goatish
disposition to the charge of a star."
— William Shakespeare [King Lear]


Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por tiago em Sex Jan 25, 2013 10:37 pm

Esqueci de falar que estou lendo todas as peças. Estou na metade.

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Mat em Sex Jan 25, 2013 10:39 pm

tiago escreveu:Esqueci de falar que estou lendo todas as peças. Estou na metade.

baixou ou lendo no livro mesmo?

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por tiago em Sex Jan 25, 2013 11:45 pm

http://ebooks.adelaide.edu.au/s/shakespeare/william/index.html

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por lavoura em Ter Fev 05, 2013 8:05 am

Comecei a ler as peças também.
Já li MacBeth e estou relendo Romeu e Julieta. Comecei pelas tragédias.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Oric em Ter Fev 05, 2013 10:16 am

O que achou?

Você que gosta do Borges, acho que era uma das favoritas dele. Ao menos a edição que li era de uma coleção organizada por ele "Biblioteca de Babel" e essa foi a peça do Shakespeare escolhida. Tinha até alguns comentários dele, acho que prefácio. Mas faz tempo que li e me lembro pouco disso.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por lavoura em Ter Fev 05, 2013 11:42 am

Eu gostei bastante da peça! Como era uma das últimas e agora resolvi ler o livro desde o começo. Vou reler quando passar por ela denovo.

O Borges comentou bastante do shakespeare no livro de dialógos que li dele e tem até uns contos em homenagem ao shake no obras completas leva o nome de " A memória de Shakespeare".

E aproveitando o tópico ontem confirmaram que o esqueleto achado em Leicester era mesmo do Ricardo III.

http://g1.globo.com/mundo/noticia/2013/02/esqueleto-achado-em-leicester-e-de-ricardo-iii.html

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por lavoura em Sab Fev 09, 2013 10:04 am

Bem. Hoje terminei "Romeu e Julieta". Já havia lido alguns anos atrás, mas só agora creio ter apreciado devidamente. As situações que o Shakespeare cria são muito boas. A divagação da Julieta, antes de tomar a poção do frade que forjará sua morte, é excelente. Ela imaginando-se no sepulcro de sua família ao lado do primo recentemente morto por Romeu e revirando os ossos de seus antepassados. Que cena impactante.
Fiquei imaginando o Doré ilustrando isso.

A próxima que lerei é Tito Andronico e pelo prefácio diz ser uma peça muito sangrenta.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Gourmet em Sab Fev 09, 2013 4:54 pm

lavoura escreveu:Bem. Hoje terminei "Romeu e Julieta". Já havia lido alguns anos atrás, mas só agora creio ter apreciado devidamente. As situações que o Shakespeare cria são muito boas. A divagação da Julieta, antes de tomar a poção do frade que forjará sua morte, é excelente. Ela imaginando-se no sepulcro de sua família ao lado do primo recentemente morto por Romeu e revirando os ossos de seus antepassados. Que cena impactante.
Fiquei imaginando o Doré ilustrando isso.

A próxima que lerei é Tito Andronico e pelo prefácio diz ser uma peça muito sangrenta.

Você sabe que há um polêmica enorme sobre a autoria de Tito, não é?

Primeiro que não seria de Shakespeare, segundo que ele só teria completado a peça...

Gourmet
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 665
Data de inscrição : 20/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por lavoura em Sab Fev 09, 2013 6:07 pm

Gourmet escreveu:
lavoura escreveu:Bem. Hoje terminei "Romeu e Julieta". Já havia lido alguns anos atrás, mas só agora creio ter apreciado devidamente. As situações que o Shakespeare cria são muito boas. A divagação da Julieta, antes de tomar a poção do frade que forjará sua morte, é excelente. Ela imaginando-se no sepulcro de sua família ao lado do primo recentemente morto por Romeu e revirando os ossos de seus antepassados. Que cena impactante.
Fiquei imaginando o Doré ilustrando isso.

A próxima que lerei é Tito Andronico e pelo prefácio diz ser uma peça muito sangrenta.

Você sabe que há um polêmica enorme sobre a autoria de Tito, não é?

Primeiro que não seria de Shakespeare, segundo que ele só teria completado a peça...

Eu não sabia, mas no prefácio disseram que resolveram incluir por conta dela ter sido compilada anteriormente em uma edição por amigos do poeta.
Mas mesmo assim não rejeitam que ela tenha sido escrita pela companhia e apenas com participações de Shakespeare.

Já leu ela, Gourmet? Oque achou?
Vou começar a ler agora.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Gourmet em Sab Fev 09, 2013 6:41 pm

Eu tenho a ambição de ler Shakespeare completo há um bom tempo. Acho que você consegue entender melhor um escritor, um compositor ou um artista se você faz uma imersão. Claro que "ter tudo" é também um fetiche e posso estar simplesmente buscando fundamentos racionais para explicar uma patologia que me cativa.

Titus Andronicus é uma obra que destoa de todo o conjunto Shakespereano, por isso acho que é especial e na minha opinião isso representa uma parte da "moldura" no conjunto da obra, um delimitador de fronteiras. Quando li, não fui capaz de encontrar essas tais diferenças, mas achei violento. Logo me veio à cabeça o Macbeth do Polasnky, que é ultrasangrento, mas este livro não li.

O bom de Shakespeare é que existem edições muito dignas e em excelente qualidade que colecionam toda a obra dele por excelentes preços. Hoje eu faria uma leitura do típico para o atípico ou talvez na ordem cronológica de produção. Mas acho que esse projeto ficará para minha aposentadoria.

Gourmet
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 665
Data de inscrição : 20/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por tiago em Sab Fev 09, 2013 7:46 pm

Destoa pq é particularmente brutal na violência em cena. MacBeth e Richard III provavelmente tem mais mortes, mas tudo acontece fora. Mas os temas de degradação do Estado através dos seus líderes não vem sem companhia na obra do Shakespeare.

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por lavoura em Dom Fev 10, 2013 11:51 am

Terminei de ler a peça. Realmente é bem violenta! Até antropofagia ocorre. E segundo o prefácio, algumas coisas que diferem de outra obras é que essa não se baseia em um momento histórico real. Quanto aos versos, não tenho tanto conhecimento em shakespeare para dar uma opinião concreta, mas parece ser versos mais diretos doque eu vi em Macbeth e em Romeu e Julieta.
Porém uma excelente peça.
Despertou meu interesse em ler As metamorfoses de Ovídio.

Eu também gosto de ler tudo de um autor, inclusive a parte de não-ficção. Mas devido ao tempo temos que selecionar oque vale a pena ser lido de ponta a ponta e os que não valem. Felizmente creio que com o Shakespeare não corremos esse risco de se decepcionar. Estou lendo primeiro as tragédias e depois partirei para os Dramas ou Comédias não sei ao certo. Mas sei que quero ler todas as peças. E futuramente reler as mais queridas.
Creio que só me faltem um volume com os três poemas longos. Já dei algumas folheadas pelo livro de Sonetos e gostei deles.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Oric em Ter Abr 02, 2013 9:39 am

Dois trechos interessantes do começo do livro do Harold Bloom, "Shakespeare - A Invenção do Humano":

Antes de Shakespeare, os personagens literários são, relativamente, imutáveis. Homens e mulheres são representados, envelhecendo e morrendo, mas não se desenvolvem a partir de alterações interiores, e sim em decorrência de seu relacionamento com os deuses. Em Shakespeare, os personagens não se revelam, mas se desenvolvem, e o fazem porque têm a capacidade de se auto-recriarem. Às vezes, isso ocorre porque, involuntariamente, escutam a própria voz, falando consigo mesmo ou com terceiros. Para tais personagens, escutar a si mesmos constitui o nobre caminho da individuação, e nenhum outro autor, antes ou depois de Shakespeare, realizou tão bem o verdadeiro milagre de criar vozes, a um só tempo, tão distintas e tão internamente coerentes, para seus personagens principais, que somam mais de cem, e para centenas de personagens secundários, extremamente individualizados.

Somos guiados por impulsos que não podemos controlar e lidos por livros aos quais não podemos resistir. Devemos nos aplicar e ler Shakespeare com o afinco que nos for possível, sabendo que as peças nos lerão com uma energia ainda maior. As peças nos lêem de maneira definitiva.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Oric em Seg Abr 08, 2013 9:35 am

Lavoura, estávamos comentando em algum tópico sobre a ordem de leitura e após ler o prefácio do Carlos Alberto Nunes (você já leu?) na edição da Agir eu fiquei em dúvida e estou pensando em mudar novamente. Laughing

Isso por causa dos dramas históricos. A ordem em que ele escreveu as peças difere da ordem em que se deram os acontecimentos na história, de modo que isso coloca uma maior dificuldade na compreensão (que já não é fácil por si). Por esse motivo ele colocou no volume de Dramas Históricos as peças em ordem dos acontecimentos (e não de publicação), da mesma forma que acontece lá fora, o que me parece uma decisão acertada.

Já os outros dois volumes, Comédias e Tragédias, as peças estão em ordem cronológica de publicação. Então estou pensando em ler por temas primeiro (Comédia - Dramas Históricos - Tragédias). Como ele mesmo disse, Shakespeare não é pra se ler uma só vez, então numa releitura poderia ser mais interessante a ordem estritamente cronológica.

Enfim, comecei a "Comédia dos Erros".

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por lavoura em Seg Abr 08, 2013 1:18 pm

Oric escreveu:Lavoura, estávamos comentando em algum tópico sobre a ordem de leitura e após ler o prefácio do Carlos Alberto Nunes (você já leu?) na edição da Agir eu fiquei em dúvida e estou pensando em mudar novamente. Laughing

Isso por causa dos dramas históricos. A ordem em que ele escreveu as peças difere da ordem em que se deram os acontecimentos na história, de modo que isso coloca uma maior dificuldade na compreensão (que já não é fácil por si). Por esse motivo ele colocou no volume de Dramas Históricos as peças em ordem dos acontecimentos (e não de publicação), da mesma forma que acontece lá fora, o que me parece uma decisão acertada.

Já os outros dois volumes, Comédias e Tragédias, as peças estão em ordem cronológica de publicação. Então estou pensando em ler por temas primeiro (Comédia - Dramas Históricos - Tragédias). Como ele mesmo disse, Shakespeare não é pra se ler uma só vez, então numa releitura poderia ser mais interessante a ordem estritamente cronológica.

Enfim, comecei a "Comédia dos Erros".

Nem li. Embarassed
Acabo deixando para ler prefácios no final. Com medo de spoilers. Laughing
Mas estou seguindo a ordem que está no livro. Comecei pelo tragédias e li Romeu e Julieta, Tito Andrônico e estou lendo o Antônio e Cleópatra.
Só o Macbeth que já li fora da ordem, mas pretendo reler quando chegar. E o Hamlet que li no ensino médio, mas foi bem nas coxas.
Vou ler esse prefácio e acho que continuarei seguindo a ordem que ele propõe.
Concordo com você, vale a pena ficar relendo Shakespeare. Várias passagens dão vontade de escrever para não esquecer e ficar recitando em momentos oportunos. Laughing

E o livro do Bloom, está lendo também?

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: SHAKESPEARE, William, 1564-1616

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:38 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum