Franz Kafka

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Franz Kafka

Mensagem por Mat em Qua Jan 16, 2013 1:50 pm





A escrita de Kafka é marcada pelo seu tom despegado, imparcial, atenciosa ao menor detalhe, e abrange os temas da alienação e perseguição. Os seus trabalhos mais conhecidos são as pequenas histórias A Metamorfose, Um artista da fome e os romances O Processo, América e O Castelo. Os seus contos são julgados como verdadeiros e realistas, em contato com o homem do século XXI, pois os personagens kafkianos sofrem de conflitos existenciais, como o homem de hoje. No mundo kafkiano, os personagens não sabem que rumo podem tomar, não sabem dos objetivos da sua vida, questionam seriamente a existência e acabam sós, diante de uma situação que não planejaram, pois todos os acontecimentos se viraram contra eles, não lhes oferecendo a oportunidade de se aproveitar da situação e, muitas vezes, nem mesmo de sair dela. Por isso, a temática da solidão como fuga, a paranoia e os delírios de influência estão muito ligados à obra kafkiana, sendo comum a existência de personagens secundários que espiam, e conspiram contra o protagonista das histórias de Kafka (geralmente homens, à exceção de alguns contos onde aparecem animais e raros onde a personagem principal é uma mulher). No fundo, estes protagonistas não são mais que projecções do próprio Kafka, onde ele expõe os seus medos, a sua angústia perante o mundo, a sua solidão interior, sua problemática em lidar com a família e o círculo social.



Publicações da Cia das letras: http://www.companhiadasletras.com.br/autor.php?codigo=00250



Última edição por Mat em Qui Fev 28, 2013 11:33 am, editado 1 vez(es)

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Jabá em Qua Jan 16, 2013 7:30 pm

Já vou avisando: Não leiam o Castelo. Muito chato.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Karenina em Qua Jan 16, 2013 10:58 pm

Ai ai ai Morro de amores! Queria casar-me com ele na minha juventude!

Karenina
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 870
Data de inscrição : 19/09/2011
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Mat em Qui Jan 17, 2013 12:03 am

Jabá escreveu:Já vou avisando: Não leiam o Castelo. Muito chato.

Eu também não gostei desse livro, Jabá. Mas, o Kafka tem outras obras que são, devo dizer, chocantes e crueis na forma de retratar a percepção da realidade de determinados indivíduos [me incluo nesse grupo]. Não sei se você já leu livros como O processo, novelas como Na colonia penal e textos como Carta ao pai. Ao meu ver são obras que sintetizam o pensamento kafkiano do mundo.

No primeiro vemos a imersão de um sujeito num pesadelo burocrático ao qual ele não sabe como começou e nem o porquê de seu final - todos sabemos que O processo narra história de um homem [Joseph K] que foi acusado, preso e condenado por algo que ele não sabe o que é.

No segundo, Na colonia penal, vemos uma horripilante máquina de "justiça" que crava na pele dos condenados com agulhas de ferro a sentença do crime que, vale lembrar, muitas vezes ele não sabe se cometeu. Dentro desse texto percebemos o brilhantismo linguístico de Kafka ao descrever com precisão e minúcia as técnicas medievais utilizadas na tortura. A novela tem cenas icônicas, especialmente a que fecha o texto. Não vou postar aqui para não estragar sua leitura.

O último que eu citei, Carta ao pai, é um texto que irá te ajudar a entender a figura e o homem que foi Kafka. Desde a infância um sujeito desequilibrado e lunático. Tinha vergonha de seu próprio corpo, imaginava seu pai um grande tirano que lhe oprimia, imaginou-se sendo torturado inúmeras vezes - arrastado, por exemplo, por uma corda pelas ruas de Praga, rasgando seu corpo nas calçadas e nos telhados -, fantasiou sobre um possível suicídio, mas nunca teve a coragem de tomar a atitude final. E, no fim, acabou morrendo de turbeculose em agonia terrível.
A carta é chocante e muitíssimo bem escrita. Kafka é um escritor singular.

Milena, uma das namoradas do escritor, certa vez disse:

"Todos nós, aparentemente, conseguimos ir vivendo porque, num dado momento, somos capazes de nos refugiar na mentira, na cegueira, no entusiasmo, no otimismo, numa convicção absorvente ou em qualquer outra coisa. Mas ele não tem asilo protetor algum. É absolutamente incapaz de mentir, como também é incapaz de se embriagar. Não tem o menor refúgio. O menor abrigo. Por isto está permanentemente exposto àquilo que estamos protegidos. É como se fosse um homem nu no meios dos vestidos..."

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Jabá em Qui Jan 17, 2013 6:59 am

Mat escreveu:
Jabá escreveu:Já vou avisando: Não leiam o Castelo. Muito chato.

Eu também não gostei desse livro, Jabá. Mas, o Kafka tem outras obras que são, devo dizer, chocantes e crueis na forma de retratar a percepção da realidade de determinados indivíduos [me incluo nesse grupo]. Não sei se você já leu livros como O processo, novelas como Na colonia penal e textos como Carta ao pai. Ao meu ver são obras que sintetizam o pensamento kafkiano do mundo.

Essas obras pretendo ler oportunamente no futuro. Sempre soube que o autor tem muito mais além de A metamorfose.

Vou aproveitar e recomendar essa gibiografia muito legal:




_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Mat em Qui Jan 17, 2013 5:42 pm

Kafka de Crumb é foda mesmo.


Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Sab Jan 19, 2013 10:24 am

Mat escreveu:
Jabá escreveu:Já vou avisando: Não leiam o Castelo. Muito chato.

Eu também não gostei desse livro, Jabá. Mas, o Kafka tem outras obras que são, devo dizer, chocantes e crueis na forma de retratar a percepção da realidade de determinados indivíduos [me incluo nesse grupo]. Não sei se você já leu livros como O processo, novelas como Na colonia penal e textos como Carta ao pai. Ao meu ver são obras que sintetizam o pensamento kafkiano do mundo.

No primeiro vemos a imersão de um sujeito num pesadelo burocrático ao qual ele não sabe como começou e nem o porquê de seu final - todos sabemos que O processo narra história de um homem [Joseph K] que foi acusado, preso e condenado por algo que ele não sabe o que é.

No segundo, Na colonia penal, vemos uma horripilante máquina de "justiça" que crava na pele dos condenados com agulhas de ferro a sentença do crime que, vale lembrar, muitas vezes ele não sabe se cometeu. Dentro desse texto percebemos o brilhantismo linguístico de Kafka ao descrever com precisão e minúcia as técnicas medievais utilizadas na tortura. A novela tem cenas icônicas, especialmente a que fecha o texto. Não vou postar aqui para não estragar sua leitura.

O último que eu citei, Carta ao pai, é um texto que irá te ajudar a entender a figura e o homem que foi Kafka. Desde a infância um sujeito desequilibrado e lunático. Tinha vergonha de seu próprio corpo, imaginava seu pai um grande tirano que lhe oprimia, imaginou-se sendo torturado inúmeras vezes - arrastado, por exemplo, por uma corda pelas ruas de Praga, rasgando seu corpo nas calçadas e nos telhados -, fantasiou sobre um possível suicídio, mas nunca teve a coragem de tomar a atitude final. E, no fim, acabou morrendo de turbeculose em agonia terrível.
A carta é chocante e muitíssimo bem escrita. Kafka é um escritor singular.
Ótimo post, Mat! Esses que você citou, juntamente com A Metamorfose, são daqueles livros que eu acho que todos deviam ler.

Minha próxima leitura será justamente "O Castelo". scratch

E preciso ler esse Kafka de Crumb.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por lavoura em Sab Jan 19, 2013 10:58 am

Interessante esse Kafka de Crumb.

Do Kafka li A metarmorfose, Um artista da Fome / Carta ao Meu pai e o livro de narrativas crutas : Um médico Rural.
Achei todos excelentes!

E Kafka era bem doido das idéias mesmo. Parece que muito da obra dele foi publicado postumamente. Visto que sua vontade era ter sua obra queimada depois de sua morte, felizmente esse desejo não foi atendido pelo seu amigo.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Sab Jan 26, 2013 1:11 pm

Um Médico Rural foi dos que menos gostei, juntamente com Contemplação. Ambos com narrativas bem curtas. Claro que no geral é interessante (Diante da Lei é muito boa, principalmente quando comentada n'O Processo) mas me pareceu que o Kafka seja melhor para novelas e romances, onde pode explorar melhor as ideias, personagens e situações absurdas.

Sobre a vida dele, vale conferir esse documentário: http://www.youtube.com/watch?v=4FNPK2pvoUI


Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Becco em Dom Jan 27, 2013 8:29 am

Mat escreveu:
Jabá escreveu:Já vou avisando: Não leiam o Castelo. Muito chato.

Eu também não gostei desse livro, Jabá. Mas, o Kafka tem outras obras que são, devo dizer, chocantes e crueis na forma de retratar a percepção da realidade de determinados indivíduos [me incluo nesse grupo]. Não sei se você já leu livros como O processo, novelas como Na colonia penal e textos como Carta ao pai. Ao meu ver são obras que sintetizam o pensamento kafkiano do mundo.

No primeiro vemos a imersão de um sujeito num pesadelo burocrático ao qual ele não sabe como começou e nem o porquê de seu final - todos sabemos que O processo narra história de um homem [Joseph K] que foi acusado, preso e condenado por algo que ele não sabe o que é.

No segundo, Na colonia penal, vemos uma horripilante máquina de "justiça" que crava na pele dos condenados com agulhas de ferro a sentença do crime que, vale lembrar, muitas vezes ele não sabe se cometeu. Dentro desse texto percebemos o brilhantismo linguístico de Kafka ao descrever com precisão e minúcia as técnicas medievais utilizadas na tortura. A novela tem cenas icônicas, especialmente a que fecha o texto. Não vou postar aqui para não estragar sua leitura.

O último que eu citei, Carta ao pai, é um texto que irá te ajudar a entender a figura e o homem que foi Kafka. Desde a infância um sujeito desequilibrado e lunático. Tinha vergonha de seu próprio corpo, imaginava seu pai um grande tirano que lhe oprimia, imaginou-se sendo torturado inúmeras vezes - arrastado, por exemplo, por uma corda pelas ruas de Praga, rasgando seu corpo nas calçadas e nos telhados -, fantasiou sobre um possível suicídio, mas nunca teve a coragem de tomar a atitude final. E, no fim, acabou morrendo de turbeculose em agonia terrível.
A carta é chocante e muitíssimo bem escrita. Kafka é um escritor singular.

Milena, uma das namoradas do escritor, certa vez disse:

"Todos nós, aparentemente, conseguimos ir vivendo porque, num dado momento, somos capazes de nos refugiar na mentira, na cegueira, no entusiasmo, no otimismo, numa convicção absorvente ou em qualquer outra coisa. Mas ele não tem asilo protetor algum. É absolutamente incapaz de mentir, como também é incapaz de se embriagar. Não tem o menor refúgio. O menor abrigo. Por isto está permanentemente exposto àquilo que estamos protegidos. É como se fosse um homem nu no meios dos vestidos..."

Valeu, Mateus.
Agora só me deu mais vontade de lê-lo.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Qua Fev 20, 2013 3:39 pm

Na orelha da edição d'O Castelo da Cia tem um comentário muito bom sobre a obra do Kafka. Até achei que já havia colocado aqui.

Já se disse que os homens suportam qualquer sofrimento, desde que saibam que terá fim; o efeito da tortura parece tanto maior, mais eficaz, quanto mais se convence o torturado de que aquele momento de dor não é apenas o presente, mas todo o futuro.
A literatura de Franz Kafka pode ser lida também assim: como representação desse estado mental em que um sofrimento desagrega a noção de tempo e põe em seu lugar uma duração -- a de um presente contínuo gerado pela certeza de que a repetição indesejada instalou-se como lei impossível de burlar. Na acepção mais corrente, kafkiano, para nós, tornou-se o enredo (literário ou não) que não acaba de oprimir; uma situação kafkiana é o que é, para sempre, e nenhuma pergunta sobre sua natrureza parece atingi-la no centro.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por RafaelS em Qua Fev 20, 2013 10:18 pm

Curioso vc falar que o Kafka é melhor nas obras longas, penso justamente o contrário. Acho que quanto mais curto mais intenso ele fica, mais forte ficam as suas parábolas (pois os contos não deixam de ser espécies de parábolas às avessas). Enfim, gosto de muita coisa no Narrativas de espólios (embora obviamente haja inconstâncias devido a esse tipo de coletânea), acho que ali, junto com a coletÂnea de O artista da fome, é onde está a sua NATA.

O que não quer dizer que não goste das narrativas longas, amo O castelo, acho aquilo impressionante e me prendeu até o final, e A metamorfose. Tenho muita muita vontade de ler América, alguém já leu?

*

Não tem muito a ver mas Blanchot falando de Kafka é coisa linda demais.

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Qui Fev 21, 2013 5:31 pm

Narrativas de Espólios e Um Artista da Fome eu não li, a primeira não tem na biblioteca e a segunda eu ia pegar hoje, mas o sistema lá caiu e não pude pegar. Neutral Mas quem sabe elas me façam mudar de opinião!

Eu li O Desaparecido ou América, naquela edição da 34, que se não me engano é a única traduzida direto do alemão. A edição está bem bacana, com extras e tudo mais. No geral achei um bom livro sim, vale a leitura. Mas não foi daqueles do Kafka que me fizeram virar a cabeça.

Por sinal, terminei O Castelo. E acabei concordando com o Jabá e o Mat: achei meio chato e não gostei muito. No começo estava empolgado, mas depois senti uma queda no ritmo, o que me fez até demorar mais com a leitura. Acho que o principal fator para isso é que a história parece e muito com O Processo, que já li duas vezes, sendo a última recentemente, além de também ter visto o filme recentemente. Até os posfácios, com o Carone falando das diversas interpretações para o livro, são parecidos.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por César em Qui Fev 21, 2013 8:08 pm

Carone promete mas não lança América, muito estranho. E a cia das letras sempre se gabando por ter as obras completas do Kafka.

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por RafaelS em Qui Fev 21, 2013 8:13 pm

Pois é. Sem contar que falta também (e isso é uma grande perda) os diários do Kafka.

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Qui Fev 28, 2013 11:30 am

Lá na biblioteca tem esse aqui http://www.fnac.pt/Antologia-de-Paginas-Intimas-Franz-Kafka/a367683

Conhecem? Acho que vou pegar depois.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Qui Mar 07, 2013 8:17 pm

Lendo "Um Artista da Fome / A Construção" e já mudei de opinião, RafelS. Um Artista da Fome é das melhores coisas que eu li do Kafka. Quatro contos sensacionais.

-- Você continua jejuando? -- perguntou o inspetor. – Afinal quando vai parar?
-- Peço desculpas a todos – sussurrou o artista da fome; só o inspetor, que estava com o ouvido colado às grades, o entendia.
-- Sem dúvida – disse o inspetor, colocando o dedo na testa, para indicar aos funcionários, com isso, o estado mental do jejuador. – Nós o perdoamos.
-- Eu sempre quis que vocês admirassem meu jejum – disse o artista da fome.
-- Nós admiramos – retrucou o inspetor. – Por que não haveríamos de admirar?
-- Mas não deviam admirar – disse o jejuador.
-- Bem, então não admiramos – disse o inspetor. – Por que é que não devemos admirar?
-- Porque eu preciso jejuar, não posso evitá-lo – disse o artista da fome.
-- Bem se vê – disse o inspetor. – E por que não pode evitá-lo?
-- Porque eu – disse o jejuador, levantando um pouco a cabecinha e falando dentro da orelha do inspetor com os lábios em ponta, como se fosse um beijo, para que nada se perdesse. – Porque eu não pude encontrar o alimento que me agrada. Se eu o tivesse encontrado, pode acreditar, não teria feito nenhum alarde e me empanturrado como você e todo mundo.
Estas foram suas últimas palavras, mas nos seus olhos embaciados persistia a convicção firme, embora não mais orgulhosa, de que continuava jejuando.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Seg Mar 11, 2013 9:55 am

Terminei a leitura. Dos quatro contos de "Um Artista da Fome", achei apenas "Uma Mulher Pequena" bom, pois os outros três são sensacionais mesmo. Inclusive reli algumas vezes. Kafka retrata bem à sua maneira artistas distintos (um trapezista, uma camundonga cantora que só assovia, um artista da fome) passando pelo auge de sua carreira para chegar ao fim, na decadência. Fica ainda mais interessante saber que foram dos últimos escritos dele. Recomendo fortemente.

Já a novela "A Construção" não me fisgou da mesma maneira.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Mat em Ter Mar 12, 2013 9:39 pm

Frieda em O castelo:

É disso que estou falando, é o que me faz infeliz, é o que me afasta de você, ao passo que não conheço felicidade maior do que estar com você sempre, sem interrupção, sem fim; embora nem em meus sonhos eu imagine que exista na Terra um lugar calmo para o nosso amor, seja na aldeia ou em qualquer outra parte, e por isso imagino um túmulo profundo e apertado onde fiquemos abraçados como se fosse com tenazes, onde eu esconda meu rosto em você e você o seu em mim e ninguém nunca mais nos veja.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Qua Mar 13, 2013 9:42 am

Está relendo?

Eu vi o filme que o Michael Haneke fez para a TV, adaptação de "O Castelo". No geral até ficou bom, pega o climão do livro, algo meio confuso e angustiante. Mas não me empolguei na mesma medida que não me empolguei com o livro. Fiquei pensando qual seria o resto da programação de um canal que financiou um filme desses. Laughing

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Becco em Qua Mar 13, 2013 9:58 am

Tenho medo do Kafka. Laughing

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Oric em Qui Abr 11, 2013 7:46 pm

Assisti as duas adaptações da Metamorfose para o cinema:





A de 1975, de Jan Nemec (diretor tcheco, porém o filme é alemão) e a de 2002, de Valeri Fokin (russo). A primeira é mais fiel e o destaque principal são os movimentos de câmera quando temos a visão do Gregor (que nunca aparece). Já a segunda teve maiores liberdades, mostrando mesmo momentos antes da metamorfose, dentre outras cenas que não contam no livro. É mais teatral e nela Gregor aparece, porém transformado de maneira mais metafórica. Achei bem criativa e foi uma ótima atuação do protagonista, que não sei o nome. Laughing

Claro que nenhuma das duas têm a força do livro (eu nem esperava isso). Em especial pelo fato de (principalmente a segunda) contar com poucos momentos da narrativa do livro, que é onde Kafka vai mais fundo. Mas, de todo modo, acho que vale conferir as duas. Bons momentos de angústia. Laughing

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Bazárov em Dom Abr 14, 2013 4:34 pm

Lí apenas O Processo. Quero ler muito Metamorfose, mas há outros livros na frente.
Eu comecei a ler sem nada saber do estilo de Kafka, o que deixou a leitura muito mais interessante. A impressão é a de uma atmosfera de sonho, de surrealismo. Da submissão e conformismo diante de frustrantes investidas contra o sombrio poder burocrático. Da complexidade e burocratização irracional como instrumento de dominação.
Enfim, é um livro que dá boas margens à reflexão, notadamente diante da atual sociedade.



Bazárov
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 5
Data de inscrição : 14/04/2013
Localização : Curitiba - PR

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Aline Santiago em Ter Abr 16, 2013 6:51 pm

Adoro A metamorfose e o conto Um artista da fome. Li faz bastante tempo O processo e não me deixou qualquer grande impressão na época e por isso planejo uma nova leitura esse ano. Mas esses dois que eu citei primeiro são incríveis! I love you

Aline Santiago
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 124
Data de inscrição : 03/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Mat em Sab Jun 08, 2013 10:08 pm

Elias Canetti em um ensaio sobre Kafka:

“Durante as últimas semanas de sua vida, no sanatório de Kierling, os médicos haviam dado a Kafka o conselho de não falar. Ele respondia então a perguntas, rabiscando em folhas de papel, que se conservavam, e quando alguém indagava acerca de Felice, replicou: ‘Em certa ocasião, eu devia acompanhá-lha (junto com uma conhecida sua) ao Báltico. Mas, devido à minha magreza e a meus demais receios, tive vergonha’”.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Franz Kafka

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:38 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum