Jorge Luis Borges

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por RafaelS em Seg Fev 11, 2013 10:32 pm

Aliás, tem uma coisa bem legal no Borges que ao longo do tempo ele vai extremando cada vez as suas tendências em direções que parecem bem opostas (devo estar viajando aqui).

Se tu pega O aleph/Ficções me parece que os contos tem um equilíbrio entre o relato gauchesco e as ficções filosóficas que ao longo do tempo vão se extremando até dar no Livro de Areia (que é, me parece, um exacerbamento dessas ficções) e no Informe Brodie (que é quase todo passado nos pampas argentinos do tempo dos gauchos/imediatamente-após-o-fim-dos-gaúchos).

*

Lavoura, num sei se tu curte filosofia mas o Kierkegaard, Bergson e Gabriel Tarde tem uns textos sobre o tema da repetição [e diferença] (que me veio enquanto li teu post) que podem te interessar (embora talvez não consiga te apontar exatamente onde essas coisas são tratadas).

Agora tou viajando mais ainda, mas enfim, me lembrei de um trecho do Northrop Frye lindão sobre o assunto:

Kierkegaard has written a fascinating little book called Repetition, in which he proposes to use this term to replace the more traditional Platonic term anamnesis or recollection. By it he apparently means, not the simple repeating of an experience, but the recreating of it which redeems or awakens it to life, the end of the process, he says, being the apocalyptic promise: "Behold, I make all things new."The preoccupation of the humanities with the past is sometimes made a reproach against them by those who forget that we face the past: it may be shadowy, but it is all that is there. Plato draws a gloomy picture of man staring at the flickering shapes made on the wall of the objective world by a fire behind us like the sun. But the analogy breaks down when the shadows are those of the past, for the only light we can see them by is the Promethean fire within us. The substance of these shadows can only be in ourselves, and the goal of historical criticism, as our metaphors about it often indicate, is a kind of self-resurrection, the vision of a valley of dry bones that takes on the flesh and blood of our own vision. The culture of the past is not only the memory of mankind, but our own buried life, and study of it leads to a recognition scene, a discovery in which we see, not our past lives, but the total cultural form of our present life. It is not only the poet but his reader who is subject to the obligation to "make it new."

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por lavoura em Ter Fev 12, 2013 8:23 am

Valeu as dicas, Rafael!
Depois de postar por aqui li mais algumas entrevistas com o autor daquela biografia e em todas elas ele diz que descobriu uma informação sobre o Borges e a partir dessa única informação que ele traça esse ponto de vista dele. Isso acaba ressabiando um pouco.

Valeu também pelas dicas sobre os livros de Filosofia, não conheço nada do tema e pretendo mudar isso. Verei se encontro algum desses textos na internet e vou tentar ler, apesar de meu inglês ser mediocre, a critíca do DFW a respeito da bio.



Bem, hoje de manhã terminei de ler o livro "Artifícios" que mais uma vez tem ótimos contos aqui também! Destaco o "Funes, o memorioso" e " O milagre Secreto".
O Borges tem bastante disso de retratar a vida dos personagens de Buenos Aires com os "compadritos" , "criolos" e etc. Não comentei nada no tópico do Bioy , os contos dele do Histórias fantásticas traz esses mesmos elementos por trás da história.
Pelo que já li por ali os dois , Borges e Bioy , gostavam de dizer que moravam em um lugar perigoso, criando boatos e histórias a respeito dos "compadritos" e seus duelos para os estrangeiros que vinham visita-los.


O próximo livro será "O Aleph" e assim termino a leitura do primeiro tomo das obras completas.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Jabá em Ter Fev 12, 2013 9:24 am

Quando eu resolver ler Borges vou pedir pro Lavoura me iniciar.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Mat em Sab Mar 16, 2013 11:04 am


Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por lavoura em Seg Jul 08, 2013 6:17 pm

Bem, já venho a algum tempo comprando livros do Borges e sobre o Borges para montar uma prateleira igual a alguns aqui do fórum. É claro que é bem modesto mas já tem um considerável número de volumes. O pior é que não li 1/3 disso ainda Crying or Very sad 






Definitivamente é um dos meus escritores favoritos.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Becco em Seg Jul 08, 2013 6:32 pm

Sad Sad Sad 

Que lindo isso!

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por lavoura em Qui Jul 25, 2013 6:10 pm

Becco escreveu:Sad Sad Sad 

Que lindo isso!

Eu também me emociono!Crying or Very sad Crying or Very sad Crying or Very sad Crying or Very sad Crying or Very sad 
Ainda falta-me muita coisa.

Recentemente li a entrevista dele para a Paris Review e como sempre o Borges é sempre muito simpático com todas suas opiniões e crítica aos outros escritores. Sem dúvida que o "Borges entrevistado" não passa de um "personagem" e muita das suas opiniões não era o que ele dizia por lá.
O Ricardo Píglia desenvolve um pouco isso no  "Respiração artificial" e tenho que concordar com ele.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por RafaelS em Qui Jul 25, 2013 6:13 pm

Um ensaio muito bom sobre o Borges é do fabuloso Cesar Aira. Tá lá no "Pequeno manual de procedimentos" (ele é também um excelente ensaísta, vale muito).

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por lavoura em Sab Jul 27, 2013 10:54 am

RafaelS escreveu:Um ensaio muito bom sobre o Borges é do fabuloso Cesar Aira. Tá lá no "pequeno manual de procedimentos" (ele é também um excelente ensaísta, vale muito).
Vou dar uma procurada depois, não conhecia. Não sei se é, mas acho que sim... Tenho esse livro da Sarlo sobre o tema:


Porém nem tirei do plástico ainda.


lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por lavoura em Sab Jul 27, 2013 6:16 pm

Li também o "Borges e a arte de narrar" do Píglia que vem naquele "Borges no Brasil". E o Píglia como crítico é muito bom! Vou ver se dou uma folheada naquele "o último leitor"

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por tmanfrini em Seg Jul 29, 2013 7:52 pm

http://temporadalta.tumblr.com/post/56464210189/artemisdreaming-above-el-amenazado-from-the

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Oric em Qui Out 10, 2013 11:35 pm

lavoura escreveu:Bem, já venho a algum tempo comprando livros do Borges e sobre o Borges para montar uma prateleira igual a alguns aqui do fórum. É claro que é bem modesto mas já tem um considerável número de volumes. O pior é que não li 1/3 disso ainda Crying or Very sad 






Definitivamente é um dos meus escritores favoritos.
Jurava que eu já havia postado aqui nesse tópico. scratch 

Todo modo, puta coleção foda, Lavoura! Shocked Não tem a foto numa resolução um pouco maior? Não consigo ler o nome de alguns dos títulos.

Comecei a ler "Ficções" uma vez, mas não me lembro exatamente porque não terminei. Se alguém solicitou na biblioteca ou se as provas estavam atrapalhando, visto que o livro é curto, mas bastante denso. As milhares de interpretações para as histórias também podem assustar no começo (e acho que me influenciaram na época), mas hoje acho que leria de um outro jeito: uma primeira leitura mais descompromissada para então conhecer algumas interpretações numa releitura.

Enfim, achei muita coisa interessante ali, com alguma frequência leio alguma coisa e me remete ao Borges.

Aí ontem me deparei com essa biografia dele pela Cia: http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=12435

Me pareceu bem bacana (inclusive o comentário do leitor ali embaixo é válido), mas vi que o pessoal aqui postou umas críticas, depois vou ler com mais calma.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Jabá em Sex Out 11, 2013 9:02 am

Amigos, quero me iniciar em Borges. Começo por onde?

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por RafaelS em Dom Out 13, 2013 11:26 am

os dois livros de contos principais do Borges são Ficções e o Aleph (tem, obv, na Cia.).

Todo o resto da obra do Borges (seja ensaios, poemas ou contos) são variações, modulações, arranjos desses dois livros aí (sejam os livros anteriores, sejam os livros posteriores).

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Oric em Dom Out 13, 2013 5:49 pm

Li as duas críticas, interessantes mesmo. É uma pena que, ao que me parece, não existam outras biografias de fôlego dele em português (essa do Bioy não saiu por aqui, mas parece ser foda). Mas talvez dê para aproveitar a leitura ainda assim, não tomando interpretações como verdades, claro.

Ficções e Aleph já subiram várias posições na lista de compras. É uma merda ter um monte de livro para ler na estante e ficar com vontade de ler um que não tem. Sad Laughing

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Mat em Dom Out 13, 2013 6:09 pm

Oric escreveu: É uma merda ter um monte de livro para ler na estante e ficar com vontade de ler um que não tem. SadLaughing
Laughing

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Becco em Sex Out 18, 2013 9:45 am

Jabá escreveu:Amigos, quero me iniciar em Borges. Começo por onde?
Este, Jabá:



É bom, barato, fininho e fácil de encontrar.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Jabá em Sex Out 18, 2013 10:18 am

Becco escreveu:
Jabá escreveu:Amigos, quero me iniciar em Borges. Começo por onde?
Este, Jabá:



É bom, barato, fininho e fácil de encontrar.
Ok, dica anotada. Espero que mesmo sendo fininho não entre rasgando com areia.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Becco em Sex Out 18, 2013 10:46 am

Laughing Laughing 

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por RafaelS em Sex Out 18, 2013 8:11 pm

Nem acho o Livro de Areia o melhor pra começar. Acho que é o Borges já na sua fase repetitiva (o que obviamente não é de todo ruim, falando-se do Borges). Mas Ficções e Aleph são incomparáveis/incontornáveis.

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por RafaelS em Seg Out 21, 2013 7:26 pm

Sobre a Antologia do Borges:

http://editora.cosacnaify.com.br/blog/?p=15065

"Daí a relevância da “Nota breve” incluída nessa edição: “A editora traduziu todos os contos da presente coletânea a partir das versões de Borges e Bioy Casares, entendendo que assim respeitaria a poética dos autores. Em 1982, quando foi publicada uma edição italiana da Antologia, Borges afirmou: ‘Não traduziram nossa antologia: procuraram as fontes e traduziram. Agiram assim em prejuízo do leitor, naturalmente. Não deveriam ter escolhido um livro de autores que se distinguem por suas transcrições e citações infiéis”. É essa infidelidade que faz da Antologia um livro criativo e inventivo, e não uma simples receptação pacífica de textos aleatórios."

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Oric em Seg Out 21, 2013 8:12 pm

Pô, bom saber disso. Nesse caso a decisão da Cosac foi acertada.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por lavoura em Dom Dez 22, 2013 3:07 pm

Ae comprei hoje o Antologia! Uns meses atrás tinha começado a ler um ebook em espanhol mesmo, mas estava bem zoado e alguns contos ilegíveis. Então abandonei. Mas os contos em si são muito bons! Tem o "A mão do macaco" que foi traduzido por aqui pelo Rubão Fonseca. É um conto bem legal que tem naquela antologia da cia "Contos de horror do século blá"

Li o livro da Areia. Terminei a leitura hoje. Excelente! Realmente é um borges, não diria repetitivo e sim que retoma temas que sempre o instigaram. Achei bem intrigante o paralelo do "A biblioteca de Babel" com o "O livro de areia" .

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Becco em Seg Dez 23, 2013 8:09 am

Concordo, lavoura. Os temas retornam. Todo gênio tem seus temas.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Oric em Dom Abr 20, 2014 12:39 pm

O pessoal havia comentado no começo do tópico sobre relações entre Borges e o Calvino (e o Cortázar), o ensaio dele sobre o Borges é bem bacana e me pareceu ser um dos escritores que ele mais gosta:

Italo Calvino escreveu:Começarei pelo motivo de adesão mais geral, isto é, ter reconhecido em Borges uma ideia de literatura como mundo construído e governado pelo intelecto. Esta é uma ideia-contracorrente em relação ao curso principal da literatura mundial do século XX que, todavia, tende para o sentido oposto, ou seja, quer dar-nos o equivalente do acúmulo magmático da existência, na linguagem, no tecido dos eventos, na exploração do inconsciente.

Mas talvez para explicar a adesão que um autor suscita em cada um de nós, ao invés de partir de grandes classificações gerais, é preciso partir de razões mais precisamente conexas com a arte de escrever. Dentre estas colocarei à frente a economia da expressão: Borges é um mestre do escrever breve. Ele consegue condensar em textos sempre de pouquíssimas páginas uma riqueza extraordinária de sugestões poéticas e de pensamento: fatos narrados ou sugeridos, aberturas vertiginosas para o infinito, e ideias, ideias, ideias. Como tal densidade se realiza sem a mínima congestão, no período mais cristalino, sóbrio e arejado; como o narrar sinteticamente e enviesado conduz a uma linguagem toda precisão e concretude, cuja inventiva se manifesta na variedade dos ritmos, dos movimentos sintáticos, dos adjetivos sempre inesperados e surpreendentes, isso é um milagre estilístico, sem igual na língua espanhola, de que só Borges tem o segredo.

Assim como faz parte das passagens obrigatórias da crítica sobre Borges observar que cada texto dele duplica ou multiplica o próprio espaço através de outros livros de uma biblioteca imaginária ou real, leituras clássicas, eruditas ou simplesmente inventadas. O que mais me interessa anotar aqui é que nasce com Borges uma literatura elevada ao quadrado e ao mesmo tempo uma literatura como extração da raiz quadrada de si mesma: uma “literatura potencial”, para usar um termo que será desenvolvido mais tarde na França, mas cujos prenúncios podem ser encontrados em Ficciones, nos estímulos e formas daquelas que poderiam ter sido as obras de um hipotético Herbert Quain.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Jorge Luis Borges

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:39 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 3 Anterior  1, 2, 3

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum