W.G. Sebald

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

W.G. Sebald

Mensagem por lavoura em Dom Abr 14, 2013 9:36 pm


W. G. (Winfried Georg) "Max" Sebald (18 May 1944 – 14 December 2001) was a German writer and academic. At the time of his death at the age of 57, he was being cited by many literary critics as one of the greatest living authors and had been tipped as a possible future winner of the Nobel Prize in Literature. In a 2007 interview, Horace Engdahl, former secretary of the Swedish Academy, mentioned Sebald, Ryszard Kapuściński and Jacques Derrida as three recently deceased writers who would have been worthy laureates.[2]

Life

Sebald was born in Wertach, Bavaria, one of three children of Rosa and Georg Sebald. From 1948 to 1963, he lived in Sonthofen.[3] His father joined the Reichswehr in 1929 and remained in the Wehrmacht under the Nazis. His father remained a detached figure, a prisoner of war until 1947; a grandfather was the most important male presence in his early years. Sebald was shown images of the Holocaust while at school in Oberstdorf and recalled that no one knew how to explain what they had just seen. The Holocaust and post-war Germany loom large in his work.

Sebald studied German literature at the University of Fribourg, where he received a degree in 1965.[4] He was a research student at the University of Manchester from 1966 to 1969. He returned to St. Gallen in Switzerland for a year hoping to work as a teacher but could not settle. Sebald married his Austrian-born wife, Ute, in 1967. In 1970 he became a lecturer at the University of East Anglia (UEA). In 1987, he was appointed to a chair of European literature at UEA. In 1989 he became the founding director of the British Centre for Literary Translation. He lived at Wymondham and Poringland while at UEA.

Sebald died in a car crash near Norwich in December 2001. The coroner's report, released some six months later, stated that Sebald had suffered an aneurysm and had died of this condition before his car swerved across the road and collided with an on-coming lorry.[citation needed] He was driving with his daughter Anna, who survived the crash.[5] He is buried in St. Andrew's churchyard in Framingham Earl, close to where he lived.

In 2011, Grant Gee made the documentary Patience (After Sebald) about the author's life in Suffolk.[6]

Work

Sebald's works are largely concerned with the themes of memory and loss of memory (both personal and collective) and decay (of civilizations, traditions or physical objects). They are, in particular, attempts to reconcile himself with, and deal in literary terms with, the trauma of the Second World War and its effect on the German people. In On the Natural History of Destruction (1997), he wrote a major essay on the wartime bombing of German cities and the absence in German writing of any real response. His concern with the Holocaust is expressed in several books delicately tracing his own biographical connections with Jews.

His distinctive and innovative novels were written in an intentionally somewhat old-fashioned and elaborate German (one passage in Austerlitz famously contains a sentence that is 9 pages long), but are well known in English translations (principally by Anthea Bell and Michael Hulse) which Sebald supervised closely. They include Vertigo, The Emigrants, The Rings of Saturn and Austerlitz. They are notable for their curious and wide-ranging mixture of fact (or apparent fact), recollection and fiction, often punctuated by indistinct black-and-white photographs set in evocative counterpoint to the narrative rather than illustrating it directly. His novels are presented as observations and recollections made while traveling around Europe. They also have a dry and mischievous sense of humour.

Sebald was also the author of three books of poetry: For Years Now with Tess Jaray (2001), After Nature (1988), and Unrecounted (2004).
Works

1988 After Nature. London: Hamish Hamilton. (Nach der Natur. Ein Elementargedicht) English ed. 2002
1990 Vertigo. London: Harvill. (Schwindel. Gefühle) English ed. 1999
1992 The Emigrants. London: Harvill. (Die Ausgewanderten. Vier lange Erzählungen) English ed. 1996
1995 The Rings of Saturn. London: Harvill. (Die Ringe des Saturn. Eine englische Wallfahrt) English ed. 1998
1999 On the Natural History of Destruction. London: Hamish Hamilton. (Luftkrieg und Literatur: Mit einem Essay zu Alfred Andersch) English ed. 2003
2001 Austerlitz. London: Hamish Hamilton. (Austerlitz)
2001 For Years Now. London: Short Books.
2003 Unrecounted London: Hamish Hamilton. (Unerzählt, 33 Texte) English ed. 2004
2003 Campo Santo London: Hamish Hamilton. (Campo Santo, Prosa, Essays) English ed. 2005
2012 Across the Land and the Water: Selected Poems, 1964–2001. New York: Random House. English ed.
Influences

The works of Jorge Luis Borges, especially "The Garden of Forking Paths" and "Tlön, Uqbar, Orbis Tertius", were a major influence on Sebald. (Tlön and Uqbar appear in The Rings of Saturn.)[1] Sebald himself credited the Austrian novelist Thomas Bernhard as a major influence on his work,[7] and paid homage within his work to Kafka[8] and Nabokov (the figure of Nabokov appears in every one of the four sections of The Emigrants).[9]

Retirado da Wikipédia.


lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por lavoura em Dom Abr 14, 2013 9:40 pm

Do Sebald já li "Austerlitz" e estou lendo agora o "Vertigem". Achei ambos excelente. Seus livros são formados mesclados por citações, talvez verdadeiras talvez falsas, lembranças, fotos, mapas e pequenas imagens importantes a imaginação do narrador. Em um misto de ficção e relato de viagem a narrativa é desenvolvida de forma magnífica.
Alguém já leu algo dele??


Não sabia que ele tinha o Borges como influência!

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por César em Dom Abr 14, 2013 9:46 pm

Vc está inventando isso

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Jabá em Dom Abr 14, 2013 9:47 pm

Que tristinho na foto. Deveria se chama SadBald.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por lavoura em Dom Abr 14, 2013 9:52 pm

Jabá escreveu:Que tristinho na foto. Deveria se chama SadBald.
Laughing


Inventando oque? Sebald é muito bom. Uma pena já ter morrido.





O Rafael que manja de Sebald!
Mas nos livros a melancolia domina tudo.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Deco em Dom Abr 14, 2013 10:29 pm

Até hj adio a leitura de Sebald,a Cia bem que poderia lançar um pocket dele.
A melancolia já transparece nos títulos como: ''Os anéis de saturno'' e ''Vertigem''.
Ela tem uma fixação com a Inglaterra ou estou errado?

Deco
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 305
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por lavoura em Dom Abr 14, 2013 10:39 pm

Deco escreveu:Até hj adio a leitura de Sebald,a Cia bem que poderia lançar um pocket dele.
A melancolia já transparece nos títulos como: ''Os anéis de saturno'' e ''Vertigem''.
Ela tem uma fixação com a Inglaterra ou estou errado?

Parece que ele tem um "quê" pela inglaterra. Em Austerlitz o Jacques começa investigando a estação de Liverpool. No "Os anéis de Saturno" parece ser ambientado na inglaterra também, e no "Vertigem" o narrador é um inglês. Mas os personagens viajam por toda a Europa.

Ao que tudo indica os livros parecem formar uma só obra, e parece ser em grande parte autobiográfica. É uma ótima leitura. Austelitz mesmo é lindo e muito triste também. As par
as passagens que mostram as ruínas do pós-guerra são muito boas, tristes, mas boas.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por RafaelS em Seg Abr 15, 2013 4:20 am

Acho que o Sebald em algum momento fala que 90% do que ele escreve são relatos que aconteceram/contaram pra ele e que a torção tá nesses 10%.

E sim, o Sebald como qualquer zuador metaficção da literatura é Borgiano e Nabokoviano (apesar de que a zuação dele seja mais com a forma, com a metalinguagem que propriamente uma zuera estilo Nabokov que é zuação na forma e no conteúdo).

Gosto muito do Austerlitz, mentira, acho um dos grandes livros do século, acho que será ao menos.

Além de puta escritor ele também é um excelente ensaísta. Recomendo fortemente o Campo Santo (tem em inglês) e também o ensaio que tem numa das Serrotes sobre o também absolutamente genial Rober Walser (aliás, já leram aqui esse "primo" do Kafka?).

Enfim, preciso ler mais, preciso ler Os anéis de Saturno e o Vertigem. (além de mais ensaios). Dizem que ele era um puta professor também, já li um texto na internet sobre isso mas num tou mais achando. Enfim, é um dos grandes nomes da lit contemp (e quando digo lit contemp digo pós proust/joyce e/ou pos-guerra.

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por lavoura em Seg Abr 15, 2013 9:42 pm

Esse Campo Santo tem em edições lusitanas. Inclusive foi um dos que fiquei de olho lá no site da Wook.pt

Tenho aqui na estante o "Os anéis de Saturno" e "Os emigrantes" e confesso que a vontade de ler é cada vez maior.

Também quero aquele "Guerra Aérea e Literatura".

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Aline Santiago em Seg Abr 15, 2013 9:47 pm

Jabá escreveu:Que tristinho na foto. Deveria se chama SadBald.

Laughing

Li Austerlitz, Os emigrantes e Guerra aérea e literatura. Os três são excelentes.

Aline Santiago
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 124
Data de inscrição : 03/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por César em Seg Abr 15, 2013 9:51 pm

Aline lê muita coisa, igual vc Lavoura. Tenho demorado uma vida pra ler qualquer coisa.

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por lavoura em Seg Abr 15, 2013 10:01 pm

Ela lê coisa pra caramba. Precisa se soltar mais e sair postando pelo fórum.
Parece apreciar muito a literatura Alemã!

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Oric em Ter Abr 16, 2013 10:20 am

É, Aline, não se reprima! Laughing

Eu já tinha lido por aí sobre esse Austerlitz, mas não havia guardado o nome do autor. Fiquei curioso, coloquei na lista.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Jabá em Ter Abr 16, 2013 10:34 am

Não li o tópico todo, mas é pra Aline sair do armário?

É isso?

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Aline Santiago em Ter Abr 16, 2013 6:45 pm

Vocês são osso! Laughing
Tô postando gente, ora! Vou sair mais do armário Laughing

Pois é, Lavoura, adoro a literatura alemã. Pra mim, a russa e a alemã são as melhores.

Aline Santiago
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 124
Data de inscrição : 03/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por lavoura em Sab Abr 20, 2013 5:42 pm

Conheço pouco da lit alemã. Mas me interesso muito por ela!

E terminei o "Vertigem" . Excelente livro! Os relatos recheados de melancolia e como o Sebald pinta as lembranças de sua infância são bem sensíveis e tristes. Aliás para tudo que Sebald descreve tem um tom de tristeza.
Sem contar que ele é mestre no fluxo de consciência! A parte em que ele relata os dias dos autores também são lindas!
Puta livro foda!

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Deco em Seg Abr 22, 2013 10:28 pm

http://www.guardian.co.uk/books/2013/apr/20/wg-sebald-reveries-solitary-walker

Deco
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 305
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Oric em Sab Abr 27, 2013 1:46 pm

Eu estava com o Austerlitz na cesta de compras achando que ia entrar na promoção da Cia...


Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por lavoura em Sab Abr 27, 2013 3:37 pm

Aquela promoção foi só para desencalhar o estoque velho...

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: W.G. Sebald

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 4:34 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum