Os Demônios [Бесы]

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Mat em Qua Maio 15, 2013 9:25 pm



Os Demônios é um livro escrito por Fiodor Dostoiévski em 1872. A Obra foi motivada por um episódio verídico: o assassinato do estudante I. I Ivanov pelo grupo niilista liderado por S. G Nietcháiev em 1869. Ao recriar ficcionalmente esse evento, o escritor cria uma das suas maiores obras, à altura de Crime e Castigo. Os demônios é um estudo profundo do pensamento político, social, filosófico e religioso de seu tempo.

O narrador, ao mesmo tempo que observa a ação, participa dela, pois é um personagem contando a estranha história que aconteceu em sua cidade no interior da Rússia.

Ele, o narrador, narra a história do professor aponsentado Stiepan Trofímovitch, que possui estranhos laços de amizade com uma viúva muito rica da sua cidade, Varvara Pietrovna. Aos poucos a cidade é tomada por estranhos acontecimentos conspiratórios, principalmente com a chegada de Piotr Stiepanovitch, filho de Stiepan Trofímovitch, e com Nikolai Stavróguin, filho de Varvara Pietrovna. Esses acontecimentos são projetados por uma organização niilista e terrorista, chefiada por esses dois personagens, que trazem consigo acontecimentos trágicos que marcarão a todos os envolvidos.

Ao longo do livro somos apresentados a diversos personagens com idéias bastante claras. Nas idéias de Kirillov podemos perceber a base do pensamento de Nietzsche e Zaratustra ao demonstrar como deve ser o super-homem. E no drama de personagens como Piotr Stiepanovitch e Chiagaliov podemos perceber prenúncio de idéias cruéis e fanáticas como as de Stálin e Hitler.

O drama central no livro é de Stiepan Trofímovitch. Ao mesmo tempo em que ele tenta ser um revolucionário e um intelectual, acaba sendo visto como um tolo: ele percebe que há algo errado com aquela sociedade, contudo, permanece mortificado por não saber como sair daquela situação imposta pela organização e por se sentir tão culpado pelo que está acontecendo.

Dostoiévski é um grande escritor e sempre se mostrou à frente do seu tempo. E, neste livro, ele se supera. Publicado 45 anos antes da Revolução de Outubro, Os Demônios já apresentava, em germe, aquelas idéias que, sob o comunismo, levariam tantas pessoas ao sofrimento e à morte. Além disso, ao tratar de um caso ocorrido em uma pequena cidade do interior da Rússia, podemos ver que os dilemas humanos ali tratados continuam vivos ainda hoje. A histeria coletiva é mostrada mediante o envolvimento de toda a população com a organização criminosa.

O livro, ademais, desmascara tanto as organizações idealistas que ainda permanecem vivas, como o terrorismo, quanto o enorme perigo de se transformar idéias niilistas em grandes ideais utópicos. É antes de tudo um aviso para aqueles que, pretendendo mudar o mundo, acabam eles mesmos se transformando em assassinos e nos supostos "demônios" que tanto pretendem, a princípio, combater e destruir.

Dostoievski escreveu:- Por que está calado? – perguntou Kiríllov com impaciência já perto de casa.
- O que você quer? Respondeu o outro quase caindo do cavalo, que empinara.
Stavróguin se conteve.
- Eu não quis ofender aquele... imbecil, mas tornei a ofender – pronunciou em voz baixa.
- Sim, você tornou a ofendê-lo – atalhou Kiríllov -, e ademais ele não é imbecil.
- Não obstante, fiz tudo o que pude.
- Não.
- O que eu deveria ter feito?
- Não desafiá-lo.
- E ainda agüentar uma bofetada na cara?
- Sim, agüentar uma bofetada na cara.
- Começo a não entender nada! – pronunciou Stavróguin com raiva.
-Por que todo mundo espera de mim o que não espera dos outros? Por que tenho de suportar o que ninguém suporta e implorar por fardos que ninguém consegue suportar?

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por RafaelS em Qua Maio 15, 2013 9:26 pm

Tem um ensaio bem legal da Elif Batuman (<3 <3) sobre esse livro. Tá naquele unico livro dela publicado. (não é tão bom quanto o Bábel na California mas tá valendo).

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por César em Qua Maio 15, 2013 9:57 pm

Esse livrinho da Elif aliás é bem chatinho por vezes.

Sobre Os demônios, o próprio Joseph Frank menciona ser o mais fraco, tira fora do cânone Dostoiévskiano. Eu mesmo achei um porre na primeira vez que li.

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Mat em Qua Maio 15, 2013 10:32 pm

É um livro mais frio, seja lá o que seja isso, mas o cerne dos personagens, da maneira alucinatória e desajustada de Dostoievski, ainda estão ali. Eu prometi pra mim que ainda vou reler esse livro umas cinco vezes antes de dar uma opinião final. Fico dividido entre momentos de total euforia e outros de completa apatia em relação ao todo narrativo. Acho que ninguém pode negar que Kiríllov e Stavróguin são personagens marcantes.

Chigalióv é um homem genial! Sabe, é um gênio como Fourier; porém mais ousado que Fourier, mais forte que Fourier; vou cuidar dele. Ele inventou a “igualdade”! No esquema dele cada membro da sociedade vigia o outro e é obrigado a delatar. Cada um pertence a todos, e todos a cada um. Todos são escravos e iguais na escravidão. Nos casos extremos recorre-se à calúnia e ao assassinato, mas o principal é a igualdade. A primeira coisa que fazem é rebaixar o nível da educação, das ciências e dos talentos. O nível elevado das ciências e das aptidões só é acessível aos talentos superiores, e os talentos superiores são dispensáveis! Os talentos superiores sempre tomaram o poder e foram déspotas, sempre trouxeram mais depravação que utilidade; eles serão expulsos ou executados. A um Cícero corta-se a língua, a um Copérnico furam-se os olhos, um Shakespeare mata-se a pedradas – eis o chigaliovismo. Ah, ah, está achando a estranho? Sou a favor do chigaliovismo!

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Catarina_ em Qui Maio 16, 2013 10:15 am

Encomendei pelos correios, mas duas semanas já se passaram e necas dele chegar aqui em casa. O vendedor fez uma reclamação, estou cruzando os dedos aqui. pale

Catarina_
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 36
Data de inscrição : 15/05/2013
Idade : 22
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por tiago em Qui Maio 16, 2013 6:26 pm

César escreveu:Esse livrinho da Elif aliás é bem chatinho por vezes.

Sobre Os demônios, o próprio Joseph Frank menciona ser o mais fraco, tira fora do cânone Dostoiévskiano. Eu mesmo achei um porre na primeira vez que li.

Eu li o mesmo livro?
Pra mim, ele fala das deficiências estruturais da obra, mas meio que dá a entender que é o favorito dele do Dostoiévski pelo tom que usa ao falar do livro.
E os demônios frio? Laughing

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por César em Qui Maio 16, 2013 6:44 pm

Ele exclui Os demônios daquela seleção de "grandes livros" do Dostoiévski. Leonid Grossman também. Não lembro do Steiner.

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Mat em Qui Maio 16, 2013 9:59 pm

tiago escreveu:E os demônios frio? Laughing

Não acha que o tom da obra é bem mais imparcial e panfletário do que Crime e castigo ou Casa dos mortos, por exemplo?

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por tiago em Qui Maio 16, 2013 10:22 pm

Mat escreveu:
tiago escreveu:E os demônios frio? Laughing

Não acha que o tom da obra é bem mais imparcial e panfletário do que Crime e castigo ou Casa dos mortos, por exemplo?

Sim, o livro não faz se reprime em ser panfletário.
Mas acho que o Dostoiévski consegue imprimir suas verdades febris de forma completamente envolvente e convincente. Os tipos que coloca são muito interessantes e verdadeiros; talvez seja ingenuidade minha, mas o a profecia que ele coloca ali se concretizou de alguma forma. Evidentemente que as idéias dele são altamente discutíveis, mas na forma como ele coloca, são apaixonantes também. Sem contar que a partir do encontro da louca com a generala o ritmo do livro é incrível, alucinante, daqueles que não te deixam parar de ler e coisa e tal.
Talvez não seja o mais equilibrado (equilíbrio em termos de Dostoiévski, é claro) dos livros, mas é assim assumidamente e por desígnio.

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Mat em Qui Maio 16, 2013 10:30 pm

tiago escreveu:
Mat escreveu:
tiago escreveu:E os demônios frio? Laughing

Não acha que o tom da obra é bem mais imparcial e panfletário do que Crime e castigo ou Casa dos mortos, por exemplo?

Sim, o livro não faz se reprime em ser panfletário.
Mas acho que o Dostoiévski consegue imprimir suas verdades febris de forma completamente envolvente e convincente. Os tipos que coloca são muito interessantes e verdadeiros; talvez seja ingenuidade minha, mas o a profecia que ele coloca ali se concretizou de alguma forma. Evidentemente que as idéias dele são altamente discutíveis, mas na forma como ele coloca, são apaixonantes também. Sem contar que a partir do encontro da louca com a generala o ritmo do livro é incrível, alucinante, daqueles que não te deixam parar de ler e coisa e tal.
Talvez não seja o mais equilibrado (equilíbrio em termos de Dostoiévski, é claro) dos livros, mas é assim assumidamente e por desígnio.

Foi exatamente o que eu quis dizer. Acho que nesse livro ele manipula a narrativa com um propósito bem diferente de como aconteceu nos Karamázov ou idiota, por exemplo. É como se todos os personagens fossem crueis e escrotos ao ponto de eliminar os laços fraternais em nome do objetivo mais inescrupuloso e mínimo, mas ao mesmo tempo são muito reais, é diferente de um Aliocha ou Mitchikin. É como se Kirillov fosse aquele filho da puta que todo mundo conhece e quer matar.
A questão ideológica é sempre discutível na literatura russa do século XIX, né? Tu pega sonata a kreutzer, por exemplo.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Becco em Sex Maio 17, 2013 12:05 pm

Eu acho um dos melhores do Dosta. Boto ao lado dos outros grandes sem nenhuma dúvida.
O diferente é que falta aquele elemento salvador, de pureza, que são representados pela Sonia [Crime e Castigo] e pelo Aliosha [Karamazov], por exemplo.

Aquele capítulo que foi retirado da versão final, é sensacional.


_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Mat em Dom Maio 19, 2013 9:53 am

O capítulo do enforcamento?

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Becco em Dom Maio 19, 2013 1:16 pm

Não, o que ele pega a menininha.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por David Ericeira em Qui Jun 13, 2013 10:06 pm

Becco escreveu:Eu acho um dos melhores do Dosta. Boto ao lado dos outros grandes sem nenhuma dúvida.

Concordo plenamente com você, Becco. E digo ainda mais: além de "os demônios" estar à altura de quaisquer uma das obras dos "anos milagrosos" do dosto - tal como definiu o joseph frank - é o atestado de uma genialidade profética. Dosto conseguiu, partindo do quadro político da Rússia do século XIX, prever as principais tendências filosóficas do século XX. Você encontra Nietzsche em Kirillov, Hitler em Chigaliov, o povo alemão no contexto do nazismo em Erkel (como se não bastasse, a personagem ainda tinha ascendência germânica!!), Stalin em Vierkhonvienski e por aí vai... É o tipo de obra que, quando você termina, diz para si próprio: "Cacétoles, vai ser gênio assim lá na casa do...!!!"

E só pra constar: o apêndice que ficou de fora da obra original (que de acordo com Camus, outro aficionado pela obra, é um crime colocar como apêndice, tendo em vista a importância da cena à sequência do romance) é uma das melhores coisas que li de Dosto. Bom, isso é só minha humilde opinião.

David Ericeira
Noites Brancas
Noites Brancas

Mensagens : 59
Data de inscrição : 21/12/2012
Idade : 27
Localização : São Luís

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Becco em Sex Jun 21, 2013 10:16 am

David Ericeira escreveu:
Becco escreveu:Eu acho um dos melhores do Dosta. Boto ao lado dos outros grandes sem nenhuma dúvida.

Dosto conseguiu, partindo do quadro político da Rússia do século XIX, prever as principais tendências filosóficas do século XX. Você encontra Nietzsche em Kirillov, Hitler em Chigaliov, o povo alemão no contexto do nazismo em Erkel (como se não bastasse, a personagem ainda tinha ascendência germânica!!), Stalin em Vierkhonvienski e por aí vai... É o tipo de obra que, quando você termina, diz para si próprio: "Cacétoles, vai ser gênio assim lá na casa do...!!!"

Era um visionário!
Previu até a morte do Tolstói!

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Os Demônios [Бесы]

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 6:57 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum