James Joyce

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Mat em Sab Ago 11, 2012 7:31 pm

César escreveu:Laughing

???

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por César em Sab Ago 11, 2012 7:56 pm

Estou rindo do Gourmet, algum problema?

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por tmanfrini em Seg Out 29, 2012 5:40 pm

Comecei a ler Dublinenses. O primeiro conto - As Irmãs - não me chamou muito atenção, mas também não desanima quanto aos demais.

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Mat em Seg Out 29, 2012 6:23 pm

tmanfrini escreveu:Comecei a ler Dublinenses. O primeiro conto - As Irmãs - não me chamou muito atenção, mas também não desanima quanto aos demais.

Dublinenses é bem ok, Thaís. Nada de extraordinário.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Jabá em Seg Out 29, 2012 6:59 pm

Joyce Laughing

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por tmanfrini em Seg Out 29, 2012 7:52 pm

Mat escreveu:
tmanfrini escreveu:Comecei a ler Dublinenses. O primeiro conto - As Irmãs - não me chamou muito atenção, mas também não desanima quanto aos demais.

Dublinenses é bem ok, Thaís. Nada de extraordinário.

Além de que vai bastante do gosto particular... por exemplo no do Ro "As Irmãs" fez mais impressão que no meu caso. (Ele também destaca "Arábia" e "A casa de pensão" que ainda não li)

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por tiago em Seg Out 29, 2012 9:36 pm

Mat escreveu:
tmanfrini escreveu:Comecei a ler Dublinenses. O primeiro conto - As Irmãs - não me chamou muito atenção, mas também não desanima quanto aos demais.

Dublinenses é bem ok, Thaís. Nada de extraordinário.

É, mas acho The Dead extraordinário sim. O resto não lembro.

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Mat em Ter Out 30, 2012 9:17 am

tiago escreveu:
Mat escreveu:
tmanfrini escreveu:Comecei a ler Dublinenses. O primeiro conto - As Irmãs - não me chamou muito atenção, mas também não desanima quanto aos demais.

Dublinenses é bem ok, Thaís. Nada de extraordinário.

É, mas acho The Dead extraordinário sim. O resto não lembro.

The dead é foda mesmo. Gosto também de Eveline, mas acho um livro mediano se parar pensar no que ele escreveu depois.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por tmanfrini em Ter Out 30, 2012 9:54 pm

Até agora meus favoritos são Um Encontro e Uma Pequena Nuvem

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por tmanfrini em Qua Out 31, 2012 11:33 pm

Também gostei muito d'Os Mortos. Fica-me logo após dos dois acima mencionados respectivamente.

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por tiago em Qui Dez 06, 2012 9:38 am

A tradução nova do Ulisses tá uns 30 e poucos reais em e-book. Vou pegar!

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por lavoura em Qui Dez 06, 2012 10:32 am

tiago escreveu:A tradução nova do Ulisses tá uns 30 e poucos reais em e-book. Vou pegar!

Peguei no lançamento no submarino por R$18,00. Cool

Edit: não foi esse preço não
Ulysses 1ª Ed. 1 R$ 19,22

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Franz em Seg Dez 10, 2012 10:27 pm

Quero pegar a edição da Alfaguara do Ulisses. Alguém sabe algo sobre essa tradução?

Franz
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 143
Data de inscrição : 23/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Jabá em Seg Dez 10, 2012 10:30 pm

Eu não sei. Quero ler esse livro apesar de ser do Joyce Laughing

Estou curioso por ser considerado "difícil".

Pra mim isso é sinônimo de chatice Laughing

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Becco em Ter Dez 11, 2012 5:44 am

Joyce. Laughing

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Cássia em Seg Dez 17, 2012 8:17 pm

Gente, fui hoje à uma livraria e vi uma edição de Ulisses da Alfaguara. Será que vale a pena? E tava barato, menos de 100 dilmas.

Cássia
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 409
Data de inscrição : 13/10/2011
Idade : 29
Localização : Teresina

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Becco em Ter Dez 18, 2012 5:27 am

Compre a da Penguin que tá mais barata e a tradução é melhor.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Cássia em Ter Dez 18, 2012 6:36 am

Obrigada, Becco.

Cássia
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 409
Data de inscrição : 13/10/2011
Idade : 29
Localização : Teresina

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por tmanfrini em Seg Jan 07, 2013 3:08 pm

ó só que lindo, sai mês que vem

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Becco em Seg Jan 07, 2013 6:05 pm

Deve ser melhor que a tradução da Bernardina. Ô tradução chata e ruim.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por tmanfrini em Ter Jan 08, 2013 2:18 pm

Trecho aqui http://hedraonline.posterous.com/um-retrato-do-artista-quando-jovem-logo-logo

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Mat em Ter Jan 08, 2013 2:22 pm

Os vastos campos enxameavam de crianças. Todos gritavam e os prefeitos os incentivavam aos berros. O ar da tarde era frio e pálido e depois de cada investida e baque dos jogadores o orbe seboso de couro voava feito um pássaro pesado na luz cinzenta. Ele se mantinha na fímbria da linha, fora do alcance do prefeito, fora do alcance dos pés brutos, fingindo correr de vez em quando. Sentia o corpo pequeno e fraco em meio ao turbilhão dos jogadores e seus olhos eram fracos e aguados.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por luyspaulo em Ter Jan 08, 2013 2:32 pm

Eu li Dublinenses do Joyce e gostei muito.
Estou um pouco sem entender o porque da repulsa de grande partes dos amigos do fórum ao JJ.

luyspaulo
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 124
Data de inscrição : 05/01/2013
Idade : 39
Localização : Três Corações-MG

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Oric em Ter Jan 08, 2013 3:27 pm

Pois é, também não entendo.

Quando comecei de fato na literatura, lendo as distopias, me deparei, no prefácio de Laranja Mecância, com um comentário sobre o Finnegans Wake. Achei muito interessante, fui pesquisar sobre o livro e achei fascinante! Desde então se tornou uma meta como leitor -- que segue até agora.

Antes, claro, havia a meta do Ulisses e essa eu consegui cumprir finalmente no começo do ano passado, em janeiro. Fiz o dever de casa e tentei ler o que costuma ser indicado antes: Dublinenses e o Retrato e até mesmo Homero (Ilíada e Odisseia).

Valeu muito a experiência, mas não recomendaria isso para outra pessoa. Principalmente a leitura do Homero. É verdade que eu já tinha interesse na obra, mas senti que ler um livro desse porte com a cabeça em outro foi prejudicial.

A leitura dos outros dois livros do Joyce já é mais recomendável. O Dublinenses menos, e concordo com os colegas que não é tão grandioso assim, tirando alguns contos. Agora o Retrato já é um livro bem mais interessante e até mesmo por se tratar de um dos personagens do Ulisses vale bastante a pena ser lido antes. Mas não só como apoio ao Ulisses: o livro se sustenta sozinho.

Sobre o Ulisses de fato: o Mat fez um belo post na terceira página e acho que não conseguiria dizer melhor. Sei que foi uma experiência muito gratificante para mim em termos de literatura, algo diferente de tudo que eu havia conhecido. Aproveitei as férias para tentar uma leitura mais cuidadosa, deixando um capítulo por dia, para a madrugada, desfrutando do silêncio (embora seria de se pensar ler cada capítulo na hora correspondente). Algumas cenas ainda estão bastante presentes em minha mente, coisa que não acontece com muitos livros que li mais recentemente. Inclusive lembrei da última vez que fui num pub estilo irlandês aqui por causa do livro. Laughing

Alguns colegas perguntaram sobre a edição da Alfaguara: foi a única que li e ao menos o trabalho com as notas que a Bernardina fez é algo a se considerar. Tudo muito completo. Além disso ela mesmo traça os paralelos com a Odisseia. Tudo ao final do livro, ou seja, se o leitor só quiser ler o livro de forma mais crua, não sofrerá a interferência.

Porém li o prefácio do Galindo (edição da Cia) na livraria e achei dos mais interessantes. Justamente na ideia de esquecer todo o aparato crítico sobre a obra, todas as pré-leituras e simplesmente ler o livro, senti-lo. Hoje se fosse começar compraria essa edição (na época que comprei a minha não havia saído ainda). Até porque, pelo que li, a tradução dele soube fazer uma boa síntese entre a do Houaiss (e seus exageros na dificuldade) e a da Bernardina (e sua facilidade, vamos dizer assim, mesmo o Galindo não tendo lido a dela antes de traduzir). Não sei se fui claro...

Por fim (que já está mais um post bem longo Laughing):


Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Mat em Ter Jan 08, 2013 3:59 pm

Oric escreveu:Pois é, também não entendo.

Quando comecei de fato na literatura, lendo as distopias, me deparei, no prefácio de Laranja Mecância, com um comentário sobre o Finnegans Wake. Achei muito interessante, fui pesquisar sobre o livro e achei fascinante! Desde então se tornou uma meta como leitor -- que segue até agora.

Antes, claro, havia a meta do Ulisses e essa eu consegui cumprir finalmente no começo do ano passado, em janeiro. Fiz o dever de casa e tentei ler o que costuma ser indicado antes: Dublinenses e o Retrato e até mesmo Homero (Ilíada e Odisseia).

Valeu muito a experiência, mas não recomendaria isso para outra pessoa. Principalmente a leitura do Homero. É verdade que eu já tinha interesse na obra, mas senti que ler um livro desse porte com a cabeça em outro foi prejudicial.

A leitura dos outros dois livros do Joyce já é mais recomendável. O Dublinenses menos, e concordo com os colegas que não é tão grandioso assim, tirando alguns contos. Agora o Retrato já é um livro bem mais interessante e até mesmo por se tratar de um dos personagens do Ulisses vale bastante a pena ser lido antes. Mas não só como apoio ao Ulisses: o livro se sustenta sozinho.

Sobre o Ulisses de fato: o Mat fez um belo post na terceira página e acho que não conseguiria dizer melhor. Sei que foi uma experiência muito gratificante para mim em termos de literatura, algo diferente de tudo que eu havia conhecido. Aproveitei as férias para tentar uma leitura mais cuidadosa, deixando um capítulo por dia, para a madrugada, desfrutando do silêncio (embora seria de se pensar ler cada capítulo na hora correspondente). Algumas cenas ainda estão bastante presentes em minha mente, coisa que não acontece com muitos livros que li mais recentemente. Inclusive lembrei da última vez que fui num pub estilo irlandês aqui por causa do livro. Laughing

Alguns colegas perguntaram sobre a edição da Alfaguara: foi a única que li e ao menos o trabalho com as notas que a Bernardina fez é algo a se considerar. Tudo muito completo. Além disso ela mesmo traça os paralelos com a Odisseia. Tudo ao final do livro, ou seja, se o leitor só quiser ler o livro de forma mais crua, não sofrerá a interferência.

Porém li o prefácio do Galindo (edição da Cia) na livraria e achei dos mais interessantes. Justamente na ideia de esquecer todo o aparato crítico sobre a obra, todas as pré-leituras e simplesmente ler o livro, senti-lo. Hoje se fosse começar compraria essa edição (na época que comprei a minha não havia saído ainda). Até porque, pelo que li, a tradução dele soube fazer uma boa síntese entre a do Houaiss (e seus exageros na dificuldade) e a da Bernardina (e sua facilidade, vamos dizer assim, mesmo o Galindo não tendo lido a dela antes de traduzir). Não sei se fui claro...

Por fim (que já está mais um post bem longo Laughing):


Um homem de valor.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: James Joyce

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 7:43 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum