[Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Oric em Qua Jan 09, 2013 3:21 pm

Duas citações, ambas de Caetés, do Graciliano Ramos:

Às quintas e aos domingos ia aos chás de Adrião. Ficávamos tempo estirado cavaqueando -- e era para mim verdadeiro prazer tomar parte em duas conversações cruzadas sobre moda e câmbio. Algumas vezes Luísa falava de contos, versos, novelas. O marido ferrava no sono. Ou então, com enormes bocejos, lá se ia claudicando, a lamentar que a enxaqueca não lhe permitisse saborear um enredo tão filosófico. Ele entendia bem de comércio; o resto era filosofia.

Laughing Conheço uns tipos assim.

Fiz a carta com inveja. Ora ali estava aquela viúva antipática, podre de rica, morando numa casa grande como um convento, só se ocupando em ouvir missa, comungar e rezar o terço, aumentado a fortuna com avareza para a filha de Nicolau Varejão. E eu, em mangas de camisa, a estragar-me no escritório dos Teixeira, eu, moço, que sabia metrificação, vantajosa prenda, colaborava na Semana de Padre Atanásio e tinha um romance começado na gaveta. É verdade que o romance não andava, encrencado miseravelmente no segundo capítulo. Em todo o caso sempre era uma tentativa.
Quinhentos contos, seiscentos contos, nem sei, dinheiro como o diabo nas mãos de uma velha inútil. E a afilhada, a Marta Varejão, beata e sonsa, é que ia apanhar o cobre. Mundo muito mal arranjado.


Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Qua Jan 09, 2013 5:04 pm

antologia O Conto da Mulher Brasileira - Relatório Final, Márcia Denser

(...) Concordei. E desse momento em diante estabeleceu-se o reino de Satanás e suas falanges, engrenando uma quarta ladeira de misericórdia abaixo e adio, mamma, abia misericordia di nuoi ... O meu desprezo ressendia num raio aproximado de trezentos quilômetros

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por schmidt em Qui Jan 10, 2013 3:11 pm

Estou muito impressionado com o "Lavoura Arcaica". Aqui vai um trecho de quando o protagonista de repente observa o pai dele e percebe algo novo, uma qualidade que ele nao sabia que o velho tinha.

"e eu podia imaginar, depois que o vinho tinha umedecido sua solenidade, a alegria nos olhos do meu pai mais certo então de que nem tudo em um navio se deteriora no porão" (pag 30).

schmidt
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 137
Data de inscrição : 26/01/2012
Idade : 42
Localização : Volta Redonda

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Gourmet em Sab Jan 12, 2013 3:43 pm

O Colecionador, de John Fowles.

"Tenho estado aqui sentada, pensando em Deus. Não creio que continue acreditando em Deus. Não se trata apenas de mim. Penso que todos os milhões de pessoas que estiveram prisioneiras durante a guerra devem ter sentido o mesmo. Todas as Anne Franks. E durante toda a História. O que penso saber agora é que Deus não intervém. Deixa-nos sofrer. Quem reza pela liberdade, pode sentir certo alívio só pelo fato de rezar, ou porque acontece qualquer outra coisa que lhe traz a liberdade, que a traria de todas as maneiras. Mas Deus não nos pode ouvir. Nada tem de humano, como seja, ouvir, ver, ajudar ou ter piedade. É possível que Deus tenha criado o mundo, bem como as leis fundamentais da matéria e da evolução. Planejou-o de forma a que certos indivíduos sejam felizes, outros tristes, alguns com sorte, outros não. Não sabe quem é triste e quem não o é, não sabe e não se preocupa. Assim, na realidade, não existe."

"M. - Ainda não me disse como é a Mabel.
C. - É uma inválida. Paralítica. Muito inteligente. Quer sempre saber tudo.
M. - Não pode andar?
C. - Dá alguns passos, dentro de casa, mas para sair temos de levá-la uma cadeira de rodas.
M. - É possível que eu a tenha visto alguma vez lá na rua.
C. - Não terá perdido muito, se não a viu.
M. - Você não tem pena dela?
C. - O mal é a obrigação de ter sempre pena dela. A culpa é da Tia Annie.
M. - Diga mais...
C. - Mabel como que deforma tudo o que está à sua volta. Não sei explicar bem. É como se as outras pessoas não tivessem o direito de ser normais. Não é que Mabel se queixe da sua sorte. Mas olha-nos de tal maneira que temos de ser muito cautelosos. Suponha, por exemplo, que eu dissesse que certa manhã quase não pegara o ônibus e que tivera de correr como um danado para o alcançar; bem, a Tia Annie diria logo que eu sou muito feliz por poder correr. Mabel nada diria, limitar-se-ia a olhar-me.
M. - Que horrível!
C. - Tinha de ter sempre muito cuidado antes de dizer o que quer que fosse."

"“Agora é a sua vez de contar uma história”, disse-lhe eu.
Calibã disse apenas: “Gosto tanto de você...”
E não havia dúvida, tinha mais dignidade do que eu, e senti-me pequena, mesquinha. Estava sempre a odiá-lo, a provocá-lo, a troçar dele, e nunca procurei esconder os meus sentimentos. Que estranho! Ficamos sentados um em frente do outro, e senti algo como se estivesse muito próxima dele, algo, de resto, que já sentira antes — não se tratava de amor, atração ou simpatia, isso sabia eu. Algo como uma união de destinos. Como se estivéssemos os dois abandonados numa ilha deserta, numa jangada — juntos. Não querendo estar juntos, mas juntos...
Sentia também, terrivelmente, a tristeza da sua vida. E a tristeza das vidas da sua miserável tia e da prima, dos parentes da Austrália. O tremendo peso morto de uma tal família. Lembrei-me daqueles desenhos de Henry Moore das multidões amorfas nas plataformas subterrâneas do metrô durante os bombardeios em Londres. Pessoas que não viam, que não sentiam, que nunca tinham dançado, desenhado, chorado ao som da música, que não sabiam o que era sentir o mundo, o vento do oeste. Pessoas que, no verdadeiro sentido, não existiam.
Só aquelas palavras, ditas e sentidas: Gosto tanto de você...
Palavras sem esperança, que ele dissera, como poderia ter dito: Tenho um câncer.
O seu conto de fadas."

Gourmet
A Senhoria
A Senhoria

Mensagens : 665
Data de inscrição : 20/09/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por lavoura em Ter Jan 15, 2013 1:11 pm

Bem estou lendo Coração tão branco.

E venho aqui postar o mesmo trecho postado pelo Becco.

Javier Márias escreveu:Eu não quis saber, mas soube que uma das meninas, quando já não era menina e não fazia muito voltara de sua viagem de lua-de-mel, entrou no banheiro, pôs-se diante do espelho, abriu a blusa, tirou o sutiã e procurou o coração com a ponta da pistola do próprio pai, que estava na sala de almoço com parte da família e três convidados. Quando se ouviu a detonação, uns cinco minutos depois de a menina ter abandonado a mesa, o pai não se levantou de imediato, mas ficou alguns segundos paralisado com a boca cheia, sem se atrever a mastigar nem a engolir nem, menos ainda, a devolver o bocado ao prato; quando por fim se levantou e correu para o banheiro, os que o seguiram viram como, enquanto descobria o corpo ensangüentado da filha e levava as mãos à cabeça, ia passando o bocado de carne de um lado ao outro da boca, sem saber ainda o que fazer com ele.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Dom Jan 20, 2013 11:55 am



Pois o que são, no fim das contas, joias, pérolas, plumas, o veludo vermelho iluminado por velas, dançarinos, salteadores, o jogo de máscaras e que tais? — Nenhum homem jamais se sentiu inteiramente feliz até o presente; para isso ele deveria estar embriagado.

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Jabá em Seg Jan 21, 2013 12:00 am

Schopenhauer I love you

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Seg Jan 21, 2013 2:34 am

É Parerga und Paralipomena.
Mais,
§146


tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Oric em Sab Jan 26, 2013 1:01 pm

Trecho de "O Castelo", Franz Kafka:

Assim, seguiu em frente, mas era um extenso caminho. Pois a rua em que estava, a principal da aldeia, não leva à encosta do castelo, apenas para perto dela, e depois, como que de propósito, fazia uma curva e, embora não se afastasse do castelo, também não se aproximava dele. K. estava sempre esperando que ela afinal tomasse o rumo do castelo e só porque o esperava é que continuava a andar; evidentemente por causa do cansaço ele hesitava em abandonar a rua; espantava-se também com a extensão da aldeia, que não tinha fim, sem parar as casinhas, os vidros das janelas cobertos de gelo, a neve, o vazio de gente -- finalmente ele escapou dessa rua paralisante, uma viela estreita o acolheu, neve mais profunda ainda, era uma tarefa árdua erguer os pés que afundavam, o suor brotava, de repente ele parou e não pôde mais continuar.

Achei bem simbólico, tanto para (me parece, ainda estou no começo) esse livro como para a obra de Kafka em geral.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Mat em Qui Jan 31, 2013 8:13 pm

"[...]Talvez até a espera se tornasse proibida para mim, não mais a esperança mas a simples espera, o derradeiro refúgio do pior infeliz, dos enfermos e dos descrépitos e dos condenados e dos moribundos, que esperam que chegue a noite e depois que chegue o dia e a noite outra vez, só que mude a luz para pelo menos saber o que devem fazer, ficar acordado ou dormir[...]" - Javier Marías, Os enamoramentos.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Seg Fev 04, 2013 2:38 pm

| de Lagartas
Certa espécie de tão pintado acrílico, arde no escuro como chamas vivas e fluorescentes. Há um ninho delas no teu coração e, dado que te queimem na pele o pêlo ácido, eis porque gritas, pedes socorro e eu, por finíssima ternura, só faço desligar a máquina que ainda a mantém viva.
Mais que um invertebrado cândido, pode que a lagarta incendeie todo um casulo.

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Oric em Qui Fev 28, 2013 6:26 pm

Lendo S. Bernardo (Graciliano Ramos), fiquei com vontade de citar dois trechos. Na dúvida se o faria nesse tópico ou no do autor, vou deixar uma em cada.

-- O senhor acredita nisso? perguntou João Nogueira.
-- Em quê?
-- Eleições, deputados, senadores.
Retraí-me, indeciso, porque não tenho ideias seguras a respeito dessas coisas.
-- A gente se acostuma com o que vê. E eu, desde que me entendo, vejo eleitores e urnas. Às vezes suprimem os eleitores e urnas: bastam livros. Mas é bom um cidadão pensar que tem influência no governo, embora não tenha nenhuma. Lá na fazenda o trabalhador mais desgraçado está convencido de que, se deixar a peroba, o serviço emperra. Eu cultivo a ilusão. E todos se interessam.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por lavoura em Qui Mar 28, 2013 8:05 pm

Uma das notas de Elogio da Loucura do Erasmo.

Ri da descrição:

Conta Horácio que, tendo Príapo assistido, uma vez, às cerimônias noturnas de
Canídia e de Ságana, que invocavam as Fúrias e as Sombras num jardim, teve tal surpresa
que deixou escapar um formidável peido. As duas bruxas, assustando-se com o barulho,
interromperam a feitiçaria e saíram a correr a toda pressa.

Laughing

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Mat em Ter Abr 02, 2013 11:40 pm

“Ele jamais lhe falou dessa desventura, e até mesmo parou de pensar no assunto. Mas, de quando em vez, seus pensamentos vagantes se deparavam com essa lembrança, quieta, despercebida, despertavam-na e faziam com que ela revivesse, surgindo no seu consciente, causando-lhe uma dor cortante e profunda. Como se fosse uma dor física, a sensação não podia ser aliviada pela mente de Swann; mas, ao menos no caso de dor física, por ser independente da mente, esta pode sobre ela se deter, perceber que diminuiu, que, por um momento, parou. Mas, nesse caso, a mente, ao relembrar a dor, conseguiu recriá-la. Decidir não pensar na dor, era o mesmo que nela pensar, por ela ainda sofrer. E quando, em conversa com amigos, ele se esquecia da dor, de súbito, uma palavra dita casualmente provocava-lhe uma alteração de fisionomia, como um homem cujo membro ferido é tocado por mão canhestra. Quando deixou a companhia de Odette, ele estava feliz, sentia-se calmo, lembrava-se dos seus sorrisos, da troça sutil, quando falava de fulano ou beltrano, da ternura para consigo mesmo; lembrava-se da gravidade da cabeça dela, que parecia retirada do eixo para pender e rolar, como que voluntariamente, sobre os lábios dele, conforme ela fizera naquela primeira noite, na carruagem, os olhares lânguidos que ela lhe dirigira, enquanto estava em seus braços, apoiando a cabeça sobre o próprio ombro, como quem se encolhe de frio.

Mas, de repente, o ciúme, como se fosse a sombra do seu amor, apresentou-lhe o complemento, a familiaridade daquele novo sorriso com que ela saudara - e que, agora, de modo perverso, zombava de Swann e brilhava de amor por outro – da cena da cabeça pendida, agora afundando em outros lábios, todas as manifestações de afeto (agora dirigidas a outro) que ela demonstrava. E todas as lembranças voluptuosas que ele levou da casa dela, por assim dizer, tantos esboços, rascunhos como os que um decorador submete ao cliente, permitindo a Swann formar uma idéia das diversas atitudes, flamejantes ou lânguidas de paixão, que ela adotaria com outros. O resultado foi que ele passou a deplorar cada satisfação que desfrutava em sua companhia, cada nova carícia da qual ele cometera a imprudência de apontar-lhe o prazer, cada novo encanto que encontrava nela, pois sabia que, em algum momento mais tarde, tudo isso enriqueceria a coleção de instrumentos de sua câmara secreta de tortura.”

E é por isso que Proust é foda, meus amigos.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Oric em Qua Abr 03, 2013 3:46 pm

Trecho foda.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por César em Qua Abr 03, 2013 3:50 pm

"Como era terrível para ele quando surgia de repente em seu espírito a imagem viva e clara do destino humano e de seu significado, e quando entrevia num lampejo um paralelo entre aquele significado e sua própria vida, quando dentro de sua cabeça se derramavam, umas sobre as outras, várias questões vitais, e rodavam, em desordem, de modo atemorizante, como pássaros despertados por um raio repentino de sol, numa ruína adormecida."

- Oblómov, Ivan Gontcharóv

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Becco em Qua Abr 03, 2013 3:56 pm

Bela metáfora no fim.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Mat em Qui Abr 04, 2013 5:24 pm

O trecho inteiro é realmente muito bom.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Deco em Qua Abr 10, 2013 12:18 am




''Quem se arroga a Verdade, abandona a Verdade. A História é contratada, ou coagida, apenas em favor de Interesses que sempre se revelam vis. Ela é inocente demais para que a deixemos ao alcance de qualquer um que detenha Poder – que, bastando apenas tocá-la, faz desaparecer todo o seu Crédito no mesmo instante, como se jamais tivera existido. O que ela precisa é do cuidado amoroso e honrado dos fabulistas e falsários, Cantadores de Baladas e Excêntricos dos mais variados Raios, Mestres do Disfarce que lhe proporcionem as Vestimentas, os Adornos e o Porte, Discurso ágil o bastante para mantê-la fora do alcance dos Desejos, e mesmo da Curiosidade, dos Governos''.

Deco
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 305
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Qui Abr 25, 2013 5:45 pm

Muito bom trecho, Deco.



Cito do poema Volta do Sertão, em
-


...

Quanto tempo eu andei pelas incultas terras,
Triste, longe de ti.
Sangrando o coração nas brenhas e nas serras,
Em vez de estar aqui!

Para te ouvir e ver onipotente e belo
Volto de novo enfim,
E com que êxtase e com que enleio e com que anelo
Eu te contemplo assim!

Pedes, compreendo bem, no teu rumor infindo,
Que eu não me ausente mais
E dizes-me no teu marulho: "Sê bem-vindo
A estas paragens augurais!"

E, enquanto teu falar interpreto e traduzo,
Iniciado que sou,
Sinto o sopro vital do teu ser que, transfuso,
Em mim se inoculou.

Meu grande amigo, ó Mar, meu único parente,
Meu verdadeiro irmão,
Como aqui torno ansioso a estreitar-te fremente
Contra o meu coração!

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por lavoura em Qui Abr 25, 2013 9:34 pm











Laurence Sterne em "A VIDA E AS OPINIÕES DO CAVALHEIRO TRISTRAM SHANDY" exatamente no volume IV


E aqui no original:













Very Happy

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Mat em Qui Abr 25, 2013 9:35 pm

HAHAHAHAHA

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Mat em Qui Abr 25, 2013 9:42 pm

Eu gostaria que meu pai ou minha mãe, ou ambos, na verdade, já que a ambos competia igualmente tal dever, tivessem pensado bem no que faziam quando me conceberam; que houvessem considerado adequadamente o quanto dependia do que estavam fazendo.

Abertura do Tristam Shandy.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por lavoura em Qui Abr 25, 2013 9:47 pm

Confesso que tenho muita vontade de ler esse livro. Uma pena estar esgotado e eu não ser capacitado o suficiente para ler em inglês.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Mat em Qui Abr 25, 2013 9:51 pm

Lavoura, ninguém está 100% preparado para uma leitura em língua estrangeira, é um processo, leva um tempo. Compre o livro e vá lendo devagar, é assim que se começa.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 8:57 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 8 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum