[Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Página 9 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por lavoura em Qui Abr 25, 2013 9:54 pm

Mat escreveu:Lavoura, ninguém está 100% preparado para uma leitura em língua estrangeira, é um processo, leva um tempo. Compre o livro e vá lendo devagar, é assim que se começa.
Mas primeiro eu devo aprender um pouco da lingua,não ??
Ou no começo vocês liam com um dicionário "agarrado" do lado?

Quero ler coisa para caramba que só tem em espanhol. Acho que deve ser mais fácil que o inglês. Porém tenho minhas dúvidas.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Mat em Qui Abr 25, 2013 9:57 pm

Teu nível no inglês é muito baixo? Se a resposta é sim, tu tem que estudar um pouco mais e ler e ouvir bastante.

Mas, se seu nível de entendimento já é razoável, parta pros textos literários. Mesmo que você não entenda muita coisa, vá se esforçando, é assim que melhoramos.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por lavoura em Qui Abr 25, 2013 10:02 pm

Mat escreveu:Teu nível no inglês é muito baixo? Se a resposta é sim, tu tem que estudar um pouco mais e ler e ouvir bastante.

Mas, se seu nível de entendimento já é razoável, parta pros textos literários. Mesmo que você não entenda muita coisa, vá se esforçando, é assim que melhoramos.

Fiz poucos meses de aulas, tenho um conhecimento razoável de vocabulário, mas não consigo escrever, só ler algumas coisas. Até que me viro bem no wikipédia e tal. Mas algumas frases são decifradas Laughing
Na verdade já venho tentando ler em inglês, tenho um livro do Kipling de crônicas em edição bilingue e lá dá para ler e comparar com a tradução e descobrir que muito doque foi traduzido foi adaptado do original. Por mais bobo que isso soa, é bem legal você perceber essas nuances.

Mas já tem algum tempo que pretendo voltar com as aulas, aliás queria fazer inglês e espanhol ao mesmo tempo. Será que cansaria ou confundiria muito?
Tu que é da área oque recomendaria?

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por César em Qui Abr 25, 2013 10:03 pm

Eu aprendi inglês lendo livro de letras do Nirvana bilíngue, jogando video game e lendo Wikipédia Laughing

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Mat em Qui Abr 25, 2013 10:05 pm

César escreveu:Eu aprendi inglês lendo livro de letras do Nirvana bilíngue e lendo Wikipédia Laughing

Mesma coisa aqui Laughing

Lavoura, depende de como você se sente em relação ao seu aprendizado. Eu recomendaria uma de cada vez, cara, mas se tu acha que dá conta, vá em frente. Uma coisa boa pra ler e treinar: as peças do Beckett.

Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por lavoura em Qui Abr 25, 2013 10:08 pm

O video-game também me ajudou bastante.
Pô, vou criar um tópico com indicações de livros mais "fáceis" de se ler em inglês.

Sei lá, autores mais simplistas e tal.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Oric em Sab Abr 27, 2013 2:52 pm

Já li alguns em inglês, mas quero tornar disso um hábito. Planejando comprar um Kobo para ler e-books em inglês.

Uma boa é reler livros que você já leu e gostou, dessa vez no idioma original. Ou mesmo outros livros de autores que já conhece e sabe que a dificuldade não é tão grande.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Ter Abr 30, 2013 10:54 pm


Falo do amor transformado no sentimento único de uma vida. Esse permanece solitário, ainda que, como se diz, seja "correspondido". Ele consiste em direcionar com paixão todo o querer e a capacidade de uma pessoa para um único objetivo, transformando todo sacrifício em volúpia. Este tipo de amor não quer ser feliz, ele quer arder, sofrer e destruir, ele é chama e não pode morrer antes de consumir a última coisa alcançável.

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Deco em Ter Maio 07, 2013 5:17 am



“Mas qual é a filosofia dessa geração? Não que Deus está morto; esse ponto foi ultrapassado há muito tempo. Talvez pudesse ser estabelecido: a morte é Deus. Essa geração pensa (e este é seu pensamento dos pensamentos) que nada fiel, vulnerável e frágil pode ser durável ou ter poder duradouro. A morte espera por estas coisas assim como um chão de cimento espera por uma lâmpada que cai. A frágil concha de vidro perde seu minúsculo vácuo com um estrondo, e é tudo. É assim que ensinamos metafísica uns para os outros. Você pensa que a História é a História dos corações amorosos? Seu tolo! Olhe para estes milhões de mortos. Pode sentir pena deles, sofrer por eles? Não pode nada! Há mortos demais. Nós os queimamos até cinzas, e os enterramos com escavadoras de terraplanagem. A História é a história da crueldade, e não do amor, como pensam os homens ternos. Fizemos experiências com todas as capacidades humanas para ver qual é forte e admirável, o provamos que nenhuma é. Existe somente senso prático. Se o velho Deus existe, deve ser um assassino. Mas o único deus verdadeiro é a morte. Eis a realidade, sem ilusões covardes.”

Deco
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 305
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Deco em Ter Maio 07, 2013 5:33 am

"Embora fosse simplesmente um domingo de outono, acabava eu de renascer, a existência estava intata diante de mim, pois de manhã, após uma série de dias temperados, fizera um nevoeiro frio que só erguera por volta do meio-dia. Ora, uma mudança de tempo é suficiente para recriar o mundo e a nós mesmos. Outrora, quando vento soprava na minha lareira, eu escutava os golpes que ele dava contra o alçapão com tanta emoção como se, semelhantes aos famosos acordes com que começa a Sinfonia em dó menor, fossem os apelos irresistíveis de um misterioso destino. Toda mudança vísivel da natureza nos proporciona uma transformação análoga, adaptando ao novo modo de ser das coisas nossos desejos em harmonia. A bruma, desde o despertar, fizera de mim, em vez do ser centrífugo que somos nos dias bons, um homem metido em si, desejoso do cantinho junto ao fogo e do leito compartilhado, Adão friorento em busca de uma Eva sedentária, naquele mundo diferente".

Marcel Proust, no início da segunda parte de O Caminho de Guermantes, terceiro volume de Em Busca do Tempo Perdido.

Deco
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 305
Data de inscrição : 23/07/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Qua Maio 29, 2013 1:54 am

De La Chemise, A Camisa - Anatole France, trad. João Guilherme Linke -

XII, SI LE VICE EST UNE VERTU
le vice est le seul bien propre à l’homme, son réel patrimoine, sa vraie vertu au sens propre du mot, puisque vertu est le fait de l’homme (virtus, vir).


"O vício é o único bem próprio do homem, seu verdadeiro patrimônio, sua autêntica virtude no sentido próprio da palavra, pois virtude significa atributo do homem (virtus, vir)"

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Becco em Qua Maio 29, 2013 7:48 am

È vero.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por lavoura em Sex Jun 14, 2013 5:19 pm

Li um tempinho atrás no "O fazedor" do Borges e gostei muito desse poema:

Poema dos dons


Ninguém rebaixe a lágrima ou rejeite
esta declaração da maestria.
de Deus, que com magnífica ironia
deu-me a um só tempo os livros e a noite.

Da cidade de livros tornou donos
estes olhos sem luz, que só concedem
em ler entre as bibliotecas dos sonhos
insensatos parágrafos que cedem

as alvas a seu afã. Em vão o dia
prodiga-lhes seus livros infinitos,
árduos como os árduos manuscritos
que pereceram em Alexandria.

De fome e de sede (narra uma história grega)
morre um rei entre fontes e jardins;
eu fatigo sem rumo os confins
dessa alta e funda biblioteca cega.

Enciclopédias, atlas, o Oriente
e o Ocidente, centúrias, dinastias,
símbolos, cosmos e cosmogonias
brindam as paredes, mas inutilmente.

Em minha sombra, o oco breu com desvelo
investigo, o báculo indeciso,
eu, que me figurava o paraíso
tendo uma biblioteca por modelo.

Algo, que por certo não se vislumbra
no termo acaso, rege estas coisas;
outro já recebeu em outras nebulosas
tardes os muitos livros e a penumbra.

Ao errar pelas lentas galerias
sinto às vezes com vago horror sagrado
que sou o outro, o morto, habituado
aos mesmos passos e aos mesmos dias.

Qual de nós dois escreve este poema
de uma só sombra e de um plural?
O nome que assina é essencial,
se é indiviso e uno este anátema?

Groussac ou Borges, olho este querido
mundo que se deforma e que se apaga
numa empalidecida cinza vaga
que se parece ao sonho e ao olvido



Poema de los dones


Nadie rebaje a lágrima o reproche
esta declaración de la maestría
de Dios, que con magnífica ironía
me dio a la vez los libros y la noche.

De esta ciudad de libros hizo dueños
a unos ojos sin luz, que sólo pueden
leer en las bibliotecas de los sueños
los insensatos párrafos que ceden

las albas a su afán. En vano el día
les prodiga sus libros infinitos,
arduos como los arduos manuscritos
que perecieron en Alejandría.

De hambre y de sed (narra una historia griega)
muere un rey entre fuentes y jardines;
yo fatigo sin rumbo los confines
de esta alta y honda biblioteca ciega.

Enciclopedias, atlas, el Oriente
y el Occidente, siglos, dinastías,
símbolos, cosmos y cosmogonías
brindan los muros, pero inútilmente.

Lento en mi sombra, la penumbra hueca
exploro con el báculo indeciso,
yo, que me figuraba el Paraíso
bajo la especie de una biblioteca.

Algo, que ciertamente no se nombra
con la palabra azar, rige estas cosas;
otro ya recibió en otras borrosas
tardes los muchos libros y la sombra.

Al errar por las lentas galerías
suelo sentir con vago horror sagrado
que soy el otro, el muerto, que habrá dado
los mismos pasos en los mismos días.

¿Cuál de los dos escribe este poema
de un yo plural y de una sola sombra?
¿Qué importa la palabra que me nombra
si es indiviso y uno el anatema?

Groussac o Borges, miro este querido
mundo que se deforma y que se apaga
en una pálida ceniza vaga
que se parece al sueño y al olvido.





BORGES, Jorge Luis. Poesía. Trad. de Josely Vianna Baptista


Tem também uma tradução do Augusto de Campos, mas gosto mais da dessa tradução da Josely.
Borges fez esse poema quando se tornou diretor da Biblioteca Nacional da Argentina, infelizmente quando a cegueira já o dominava. Muito triste pensar na possibilidade de milhões de livros  e não poder desfrutá-los. Principalmente para um amante de livros, como foi Borges.
Curioso também que o Groussac que Borges menciona no poema também foi diretor da biblioteca e também era cego.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Becco em Sex Jun 21, 2013 10:50 am

Foi uma das grandes tragédias da vida dele.
Nós, que temos uma boa visão, desperdiçamos tudo passando o dia no Facebook.
Menos o Lavoura, que lê 3 livros por semana.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por schmidt em Ter Jul 02, 2013 6:01 pm

"Libertação", Sandor Marai (escritor hungaro)

A jovem não era uma "heroína"; ao menos não se sentia assim. Havia semanas ela não sentia nada a não ser o cansaço que sentimos depois de um esforço tremendo, quando a alma acredita que ainda suporta a fadiga mas o corpo, de súbito, começa a se rebelar, o estômago responde com náuseas a tudo o que acontece e o organismo fica impotente, como se estivesse envolto num lençol de chumbo.

schmidt
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 137
Data de inscrição : 26/01/2012
Idade : 42
Localização : Volta Redonda

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Sex Jul 05, 2013 11:36 pm


Este rapaz que vai a caminho de Jerusalém, quando a maioria dos da sua idade ainda não arriscam um pé fora da porta, talvez não seja exactamente uma águia de perspicácia, um portento de inteligência, mas é merecedor do nosso respeito, tem, como ele próprio declarou, uma ferida na alma, e, não lhe consentindo a sua natureza esperar que lha sarasse o simples hábito de viver com ela, até chegar a fechá-la essa cicatriz benévola que é não pensar, foi à procura do mundo, quem sabe se para multiplicar as feridas e fazer, com todas elas juntas, uma única e definitória dor.

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Becco em Seg Jul 08, 2013 9:01 am

Acho aquela parte que fala do nascimento de Jesus espetacular:

O filho de José e Maria nasceu como todos os filhos dos homens, sujo do sangue de sua mãe, viscoso das suas mucosidades e sofrendo em silêncio. Chorou porque o fizeram chorar, e chorará por esse mesmo e único motivo.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Seg Jul 08, 2013 1:51 pm

é sim.

Também destaco da interpelação no Templo -
O escriba endireitou lentamente a cabeça, olhou-o com a expressão de quem acabasse de sair de um sonho, e, após um longo, quase insuportável silêncio, disse, A culpa é um lobo que come o filho depois de ter devorado o pai, Esse lobo de que falas já comeu o meu pai, Então só falta que te devore a ti, E tu, na tua vida, foste comido ou devorado, Não apenas comido e devorado, mas vomitado.

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por schmidt em Seg Jul 08, 2013 7:24 pm

Tenho marcado exatamente o mesmo trecho que a Thais citou Smile
Saramago insuperavel!

Nao resisto e mando mais um dele, do mesmo livro,

Porém, aos treze anos, os pecados não podem ser muitos nem terríveis, ainda não é a altura de matar ou roubar, de levantar falso testemunho, de desejar a mulher do próximo, nem a sua casa, nem o seu campo, nem o seu escravo, nem a sua escrava, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem nada que lhe pertença, e, assim sendo, este moço vai puro e sem mancha de erro próprio, embora leve já perdida a inocência, que não é possível ver a morte e continuar como antes.

schmidt
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 137
Data de inscrição : 26/01/2012
Idade : 42
Localização : Volta Redonda

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Seg Jul 08, 2013 7:36 pm

Nem digo que seja dos meus favoritos o escritor, mas alguns trechos apelam sensivelmente.

Para constar, o 1.o trecho que destaquei -
… a sua pouca sorte foi ter-se tornado em involuntário objecto de uma disputa entre Satanás e o mesmo Deus, cada qual agarrado às suas ideias e prerrogativas. E depois admiram-se que um homem desespere e grite, Pereçam o dia em que nasci e a noite em que fui concebido, converta-se ele em trevas, não seja mencionado entre os dias do ano nem se conte entre os meses, e que a noite seja estéril e não se ouça nela nenhum grito de alegria, é verdade que a Job o compensou Deus restituindo-lhe em dobro o que em singelo lhe tirara, mas aos outros homens, aqueles em nome de quem nunca se escreveu nenhum livro, tudo é tirar e não dar, prometer e não cumprir. Nesta casa do carpinteiro, a vida, apesar de tudo, era tranquila, e na mesa, ainda que sem farturas de prosperidade, não faltara nunca o pão de cada dia e o mais de conduto que ajuda a alma a manter-se agarrada ao corpo.

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Oric em Qua Jul 17, 2013 7:43 pm

Se aquele patife tivesse chegado aqui naturalmente, eu não me zangaria. Se me tivesse encomendado e pago um artigo de elogio à firma Tavares & Cia., eu teria escrito o artigo. É isto. Pratiquei neste mundo muita safadeza. Para que dizer que não pratiquei safadezas? Se eu as pratiquei! É melhor botar a trouxa abaixo e contar a história direito. Teria escrito o artigo e recebido o dinheiro. O que não achava certo era ouvir Julião Tavares todos os dias afirmar, em linguagem pulha, que o Brasil é um mundo, os poetas alagoanos uns poetas enormes e Tavares pai, chefe da firma Tavares & Cia., um talento notável, porque juntou dinheiro. Essas coisas a gente diz no jornal, e nenhuma pessoa medianamente sensata liga importância a elas. Mas na sala de jantar, fumando, de perna traçada, é falta de vergonha. Francamente, é falta de vergonha.

Trecho de "Angústia", do Graça. Luís da Silva herói demais!

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Becco em Sex Ago 02, 2013 7:53 am

Livro indiscutivelmente FODA!
Nem o César discordaria.

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por César em Sex Ago 02, 2013 3:12 pm

Desse cabra só não gosto de S. Bernardo.

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por tmanfrini em Sab Ago 03, 2013 7:38 pm

Fogo (Diários não expurgados, 1934-1937)
Anaïs Nin, 4 de agosto de 1935
... No dia em que tinha de ir a Paris me encontrar com Henry ele tentou fazer com que eu perdesse o trem. Brincou com a ideia de me levar ao México, em vez de ir até lá comigo e com Henry. Eduardo poderia vir junto, disse, pois jamais tentara nos separar; mas Henry e Hugh haviam nos separado. Fiquei tão fascinada com esses planos que de fato perdi o trem enquanto Fraenkel dizia: "Você devia ser cuidada e preservada com o maior cuidado. Nunca vi Henry nem Fred tratarem você assim. Eles são fortes, mas não estão tentando alcançar coisas difíceis e raras como você. A sua vida é uma coisa extraordinária, o modo como você a mantém equilibrada e ao mesmo tempo tão plena, tão plena!"

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Becco em Dom Ago 04, 2013 11:30 am

Tenho Henry e June, mas nunca li.
É a mesma história?

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Thaís News] Começos e trechos inesquecíveis!

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:12 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 9 de 10 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum