William Faulkner

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

William Faulkner

Mensagem por Mat em Qua Jan 23, 2013 8:39 pm



É considerado um dos maiores escritores estadunidenses do século XX.
Recebeu o Nobel de Literatura de 1949. Posteriormente, ganhou o National Book Awards em 1951, por Collected Stories e em 1955, pelo romance Uma Fábula. Foi vencedor de dois prêmios Pulitzer, o primeiro em 1955 por Uma Fábula e o segundo em 1962 por Os Desgarrados.
Utilizando a técnica do fluxo de consciência, consagrada por James Joyce, Virginia Woolf, Marcel Proust e Thomas Mann, Faulkner narrou a decadência do sul dos Estados Unidos da América, interiorizando-a em seus personagens, a maioria deles vivendo situações desesperadoras no condado imaginário de Yoknapatawpha. Por muitas vezes descrever múltiplos pontos de vista (não raro, simultaneamente) e impor bruscas mudanças de tempo narrativo, a obra faulkneriana é tida como hermética e desafiadora.

Viajou pelo Japão, França e Filipinas, participando de encontros de escritores ou dando palestras. Foi nomeado Escritor Residente da Universidade de Virgínia, onde passou a viver parte do ano. Em 1950, enquanto arava a terra, recebeu a notícia de que ganhara o Prêmio Nobel referente ao ano anterior. Eterno tímido, costumava dizer que preferia a companhia de seus amigos caçadores e da gente simples de sua fazenda ao brilho das rodas literárias. Tornara-se escritor movido por uma força interior que lhe proporcionava, nos melhores momentos, alçar-se à altura de seus autores prediletos: James Joyce, Cervantes, Herman Melville, Honoré de Balzac, Charles Dickens, Dostoiévsky, Tolstói, Thomas Mann, Gustave Flaubert, Joseph Conrad, Goethe e os poetas românticos ingleses. Afirmava que não saía de casa sem levar Shakespeare em um bolso e o Antigo Testamento em outro.

Romances e Novelas

1926 Soldier's Pay (Brasil: Paga de Soldado, Portugal: "A Recompensa do Soldado")
violento libelo contra a romantização da guerra, conta a história de um aviador que volta pra casa e é repudiado tanto pela pátria, que não sabe o que fazer dele, quanto pela noiva, que o esquecera e sente repugnância pelas cicatrizes que ele traz consigo.
1927 Mosquitoes
paródia sobre a geração perdida, situada em Nova Orleans.
1929 Sartoris (Portugal: Sartoris)
primeira obra ambientada no Condado de Yoknapatawpha; a linguagem, no entanto, ainda é vitoriana.
1929 The Sound and the Fury (Brasil e Portugal: O Som e a Fúria)
livro mais estudado do autor, acompanha a derrocada dos Compsons pelos olhos de seus filhos, incluindo um idiota e um suicida; o título vem de Shakespeare: "A vida é uma história contada por um idiota, cheia de som e fúria, sem significado nenhum" (Macbeth, Cena V, Ato V).
1930 As I Lay Dying (Brasil: Enquanto Agonizo; Portugal: Na Minha Morte)
romance sobre os incidentes da viagem que os Bundren empreendem a Jefferson, para onde levam o caixão de mamãe Addie para ser enterrado; os mesmos acontecimentos são narrados e percebidos de maneira diferente por cada membro da família; divertido e de estrutura inovadora.
1931 Sanctuary (Brasil e Portugal: Santuário)
história acessível, envolvendo gângsters, estupro, assassinatos, violência desmedida e personagens cruéis; único grande sucesso comercial de Faulkner, que o escreveu exatamente com esse fim.
1931 Idyll in the Desert
noveleta publicada em tiragem de apenas 400 exemplares, foi reimpressa em Histórias Inéditas, Vol. II.
1932 Miss Zilphia Gant
noveleta publicada em tiragem de 300 exemplares, também foi reimpressa em Histórias Inéditas, Vol. II.
1932 Light in August (Brasil e Portugal: Luz em Agosto)
dois enredos que se cruzam, o de Lena Grove à procura do pai do filho que leva na barriga e de Joe Christmas, cuja ínfima quantidade de sangue negro causa sua desgraça; o título original é dúbio, pois pode se referir tanto ao Sol do verão no Hemisfério Norte quanto ao ato de "dar à luz".; mas light também significa "leve" e "aliviada", o que mais uma vez remete à Lena Grove; atente-se ainda para a simbologia religiosa tanto no nome quanto nas iniciais de Joe Christmas.
1935 Pylon
história próxima à ficção-científica, com personagens sem nome e onde o núcleo familiar é substituído pelo trabalho em equipe, no caso pilotos de aviões.
1936 Absalom! Absalom! (Brasil e Portugal: Absalão! Absalão!)
a tragédia dos Sutpen pela perspectiva de três personagens diferentes e contraditórios; trama complexa sobre degenerescência física e moral e o problema da mistura de raças; forma com O Som e a Fúria e Luz em Agosto (às vezes substituído por Os Invencidos) o triângulo das obras do autor mais apreciadas e estudadas pela crítica.
1938 The Unvanquished (Brasil e Portugal: Os Invencidos)
contos encadeados em forma de romance, passados na Guerra da Secessão, narrados pelo velho Bayard Sartoris, aqui ainda criança; o conto final, "Um Odor de Verbena", em que Bayard, já com vinte e quatro anos, recusa-se a vingar a morte do pai, marca uma mudança profunda no pensamento de Faulkner, que a partir daí passa a ver a Humanidade com algum otimismo.
1939 The Wild Palms (Brasil: Palmeiras Selvagens; Portugal: Palmeiras Bravas/Rio Velho)
o autor conta duas histórias distintas, em capítulos alternados: uma passada em 1927, sobre um casal que decide fugir da civilização e viver apenas de seu amor; a outra situa-se em 1937 e mostra como um condenado deixa a penitenciária provisoriamente para tentar salvar duas pessoas presas numa enchente do Rio Mississippi; a conexão entre os dois relatos é sutil.
1940 The Hamlet (Brasil e Portugal: A Aldeia)
* A Aldeia é o primeiro volume da trilogia que conta, de forma irônica e humorística, a saga dos ardilosos e gananciosos Snopes, uma gente pobre que já aparecera em vários livros; os Snopes têm passado incerto, negociam com cavalos e acabam por dominar toda a região, deixando apenas devassidão por onde passam.
1948 Intruder in the Dust (Brasil: O Intruso; Portugal: O Mundo Não Perdoa)
romance sobre preconceito racial, onde um negro é acusado de matar um branco; quase um policial, o livro acompanha os planos do acusado para se livrar do linchamento, ajudado pelo advogado Gail Stevens, personagem recorrente nas obras do autor.
1951 Requiem for a Nun (Portugal: Réquiem por uma Freira)
utilizando o formato do teatro, mas com cada um dos três atos iniciando com ensaios sobre o passado do Condado de Yoknapatawpha e no que isso afeta o presente, o livro retoma o personagem Temple Drake, estuprada por Popeye em Santuário e aqui já casada.
1954 A Fable (Brasil: Uma Fábula)
Faulkner retorna à Primeira Guerra Mundial numa história alegórica sobre um motim das tropas francesas; de inspiração bíblica, entre os vários episódios identificáveis do Evangelho, avulta o da paixão de Cristo; Faulkner trabalhou dez anos neste livro complexo e considera-o a sua obra-prima.
1957 The Town (Brasil: A Cidade)
segundo volume da trilogia sobre os Snopes, iniciada com A Aldeia.
1959 The Mansion (Brasil: A Mansão)
volume final da trilogia sobre os Snopes; os anteriores são A Aldeia e A Cidade.
1962 The Reivers (Brasil: Os Desgarrados)
última obra do autor, é uma narrativa cômica sobre um menino e dois empregados de seu avô que roubam o carro da família e vão para Memphis, onde vivem trapalhadas envolvendo um bordel, a cadeia, malandros, cavalos de corrida, jogadores e gente de sociedade; apesar da comicidade dos episódios, a linguagem é bastante empolada, uma característica de suas últimas obras.
1973 Flags in the Dust
manuscrito original do que, após inúmeras alterações, seria publicado como Sartoris.

Contos

1931 These Thirteen
Victory - All the Dead Pilots - Crevasse - A Justice - Mistral - Ad Astra - Read Leaves - Divorce in Naples - Carcassone - A Rose For Emily - Hair - That Evening Sun - Dry September
1934 Doctor Martino
Black Music - Leg - Doctor Martino - Fox Hunt - Death Drag - There Was a Queen - Smoke - Turnabout - Beyond - Wash - Elly - Mountain Victory - Honor
1942 Go Down, Moses (Brasil: Desça, Moisés; Portugal: Desce, Moisés)
Celebrada coleção que gira em torno da família McCaslin e onde se destaca o triptico formado por "O Velho Povo", "O Urso" e "Outono no Delta": Foi (Was) - O Fogo e a Lareira (The Fire and the Hearth) - Pantalão Negro (Pantaloon in Black) - O Velho Povo (The Old People) - O Urso (The Bear) - Outono no Delta (Delta Autumn) - Desça, Moisés (Go Down, Moses)
1949 Knight's Gambit
Smoke (já publicado em Doctor Martino) - Monk - Hand Upon the Waters - Tomorrow - An Error in Chemistry - Knight's Gambit
1950 Collected Stories
Reimpressão dos contos de These Thirteen e Doctor Martino, aos quais foram acrescentados: Bar Burning - A Bear Hunt - Artist at Home - The Brooch - Centaur in Brass - A Courtship - Golden Land - Lo! - Mule in the Yard - My Grandmother Millard and General Bedford Forrest and the Battle of Harrykin Creek - Pennsylvania Station - Shall Not Perish - Shingles for the Lord - The Tall Men - That Will Be Fine - Two Soldiers - Uncle Willy
1955 Big Woods: The Hunting Stories
Coletânea, feita pelo próprio autor, de suas melhores histórias de caça: The Bear - The Old People - A Bear Hunt - Race at Morning
1979 Uncollected Stories of William Faulkner (Portugal: Histórias Inéditas)
Contém contos publicados anteriormente apenas em jornais e revistas, contos inéditos e contos que foram revistos mais tarde para serem incorporados a Os Invencidos, A Aldeia, Desça Moisés, Big Woods ou A Mansão.
Volume I - Histórias revistas antes serem publicadas em livro: A Emboscada - A Retirada - Golpe de Mão - Escaramuça em Sartoris - Os Invictos - Vendée - Doido por um Cavalo - Os Lagartos do Quintal de Jamshyd - O Cão - Cavalos Malhados - Leão - O Povo Antigo - Uma Questão de Leis - Nem Tudo o que Luz é Ouro - Polichinelo Negro - Desce, Moisés - Outono no Delta - O Urso - Batida ao Amanhecer - O Porco da Discórdia
Volume II - Histórias inéditas: Ninfolepsia - Frankie e Johnny - O Sacredote - Um Dia a Bordo do Lugtr (I) - Um Dia a Bordo do Lugre (II) - Miss Zilphia Gant - Saber Amealhar - Idílio no Deserto - Uma Mulher por Dois Dólares - Era uma Tarde uma Vaca - Mr. Acarius - Um Funeral no Sul - Adolescência - Al Jackson - O Don Juan - Peter - Ao Luar - O Grande Magnate - Uma História Obscura - Um Regresso - Um Homem Perigoso - Evangeline - Um Retrato de Elmer - Com Precaução e Celeridade - Neve
Em 1948, a editora portuguesa Atlântida Livraria Editora, Limitada, dentro da coleção "Antologia do Conto Moderno", publicou o volume intitulado "William Faulkner", com as seguintes histórias:
Sol Poente (The Evening Sun)
Elly (idem)
Dois Soldados (Two Soldiers)
Os Velhos (The Old People)
O Urso (The Bear)
Outono no Delta (Delta Autumn)

Poesia

1921 Vision in Spring (impressão particular, não distribuída)
1924 The Marble Faun
1932 This Earth, A Poem
1932 Salmagundi
1933 A Green Bough (inclui The Marble Faun)
1979 Mississippi Poems (edição limitada)
1981 Helen, A Courtship and Mississippi Poems

Literatura Infantil

1964 The Wishing Tree (Brasil: A Árvore dos Desejos)


Mat
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2968
Data de inscrição : 12/07/2011
Idade : 26
Localização : Bahia

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Faulkner

Mensagem por Oric em Sab Jan 26, 2013 12:04 pm

Só para complementar: atualmente é publicado no Brasil pela Cosac & Naify e pela editora Benvirá (que é da Saraiva).

A Cosac publicará esse ano Absalão! Absalão!

Eles fizeram um site especial para "Luz em Agosto": http://editora.cosacnaify.com.br/legacy/luz/

Tem algumas informações gerais sobre o autor, entrevista com o tradutor do livro... A música que toca é muito boa.

--

Enfim, um autor que tenho muita vontade der ler tem bastante tempo. Esse ano o farei. Smile

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Faulkner

Mensagem por tmanfrini em Dom Jan 27, 2013 8:05 pm

Wild Palms Exclamation

tmanfrini
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 1513
Data de inscrição : 29/09/2011
Idade : 24
Localização : Navegantes - SC

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Faulkner

Mensagem por Jabá em Dom Jan 27, 2013 8:50 pm

Oric escreveu:Só para complementar: atualmente é publicado no Brasil pela Cosac & Naify e pela editora Benvirá (que é da Saraiva).

A Cosac publicará esse ano Absalão! Absalão!

Eles fizeram um site especial para "Luz em Agosto": http://editora.cosacnaify.com.br/legacy/luz/

Tem algumas informações gerais sobre o autor, entrevista com o tradutor do livro... A música que toca é muito boa.

--

Enfim, um autor que tenho muita vontade der ler tem bastante tempo. Esse ano o farei. Smile

Faremos juntos!

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Faulkner

Mensagem por Oric em Qui Jan 31, 2013 7:54 am

Jabá escreveu:
Oric escreveu:Só para complementar: atualmente é publicado no Brasil pela Cosac & Naify e pela editora Benvirá (que é da Saraiva).

A Cosac publicará esse ano Absalão! Absalão!

Eles fizeram um site especial para "Luz em Agosto": http://editora.cosacnaify.com.br/legacy/luz/

Tem algumas informações gerais sobre o autor, entrevista com o tradutor do livro... A música que toca é muito boa.

--

Enfim, um autor que tenho muita vontade der ler tem bastante tempo. Esse ano o farei. Smile

Faremos juntos!

cheers

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Faulkner

Mensagem por Oric em Seg Dez 09, 2013 3:57 pm

tmanfrini escreveu:Wild Palms Exclamation

Terminei recentemente ele.



Gostei mais da história homônima do que d'O Velho. Destaque para o trecho em que ela fala sua visão de amor. Final belíssimo também.

A escrita do Faulkner não é simples, com seus vários parênteses e travessões explicativos de maneira não tão usual. O primeiro capítulo talvez seja o mais complexo nesse sentido e sem dúvida um dos melhores do livro -- o que me deixou com um gosto estranho, pois tendo a esperar algo mais... digamos, progressivo.

Oric
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 947
Data de inscrição : 18/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: William Faulkner

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 3:12 pm


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum