Por onde começar.

Página 11 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... , 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por Becco em Ter Abr 16, 2013 10:40 am

AHAUAHAHA TENHO MAEN PROFESSORA UNIVERSITARIA!!!

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por César em Ter Abr 16, 2013 10:53 am

Лоренцо Бэкко escreveu:AHAUAHAHA TENHO MAEN PROFESSORA UNIVERSITARIA!!!

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Seg Maio 06, 2013 5:24 pm

Nossa, essa foto matou o tópico,cara!

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por César em Seg Maio 06, 2013 7:45 pm

fechei com chave de tristeza Laughing

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Ter Maio 07, 2013 9:31 pm

O fórum voltou a ficar sem assunto...

Alguém de vocês já leu o Ricardo Piglia ?
Ja leram Isaac Bashevis singer?

Ou Bruno Schulz ?

Penso em ler um deles em breve

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por RafaelS em Ter Maio 07, 2013 9:39 pm

Os três são fodas.

Piglia: O Respiração Artificial eu gosto pra caralho (só li esse, além dos ensaios que também são muito bons). É um livraço mas a primeira parte é meio difícil, ainda mais pra quem num sabe nada da história argentina (tipo eu e o maracanã). Mas vale a pena, vale a pena seguir adiante pois é espetacular. Tem que confiar (isso é a experiência de vários leitores).

Singer e Schulz são puta contistas (o Schulz estando ali no rol dos grandes contistas da humanidade, ele tem uma prosa de outro nível - recomendo muito a edição da Cosac).

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Ter Maio 07, 2013 9:46 pm

RafaelS escreveu:Os três são fodas.

Piglia: O Respiração Artificial eu gosto pra caralho (só li esse, além dos ensaios que também são muito bons). É um livraço mas a primeira parte é meio difícil, ainda mais pra quem num sabe nada da história argentina (tipo eu e o maracanã). Mas vale a pena, vale a pena seguir adiante pois é espetacular. Tem que confiar (isso é a experiência de vários leitores).

Singer e Schulz são puta contistas (o Schulz estando ali no rol dos grandes contistas da humanidade, ele tem uma prosa de outro nível - recomendo muito a edição da Cosac).

Do Piglia eu tenho o Alvo noturno, gosto muito de literatura argentina, na verdade gosto de realismo mágico, acho que o Piglia não se encaixa nesse estilo, mas mesmo assim quero conhecer.


Eu tenho essa edição do Schulz pela cosac, é uma coisa linda mesmo. De quebra tem até umas ilustrações do próprio autor, que ao que parece era desenhista,né?
Realmente a prosa parece ser coisa fina, até difícil achar adjetivos para definir, li só o primeiro conto mas entre os três é o que mais tenho vontade de ler.


lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por RafaelS em Ter Maio 07, 2013 9:48 pm

O Piglia tá mais na vibe policial. Mas ele é, à sua maneira, herdeiro do Borges.

Sim, Schulz era desenhista. E ele tem uma prosa única como você viu. Ele realmente me transportou para aquele mundo.

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Ter Maio 07, 2013 9:59 pm

Opa, então é mais um motivo para conhecer, apesar de o "Borges policial" não ter me agradado tanto no "Seis problemas para Dom Isidro Parodi".


lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Seg Maio 13, 2013 9:30 pm

Alguém já leu algo do Raph Waldo Emerson??
Parece ser muito bom,principalmente o "Essays", preciso aprender inglês urgentemente.

Diferente doque pretendia, não comecei a ler nenhum dos três que citei lá em cima, mas estou lendo os diálogos entre o Borges e Sabato e também o Outras inquisições do Borges.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por Aline Santiago em Qua Maio 15, 2013 4:29 pm

lavoura escreveu:O fórum voltou a ficar sem assunto...

Alguém de vocês já leu o Ricardo Piglia ?
Ja leram Isaac Bashevis singer?

Ou Bruno Schulz ?

Penso em ler um deles em breve

Ainda não li nenhum livro do Piglia, mas Schulz e Bashevis Singer... I love you
Adorei o livro publicado pela Cosac do Schulz; vale a pena comprar. Quanto ao Bashevis Singer, nossa!, excelente contista! A Companhia das Letras publicou alguns livros dele. Eu indico, pra começar, o livro de contos daquela coleção listrada.

Aline Santiago
A Dama do Cachorrinho
A Dama do Cachorrinho

Mensagens : 124
Data de inscrição : 03/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Qui Maio 16, 2013 9:25 pm

Bom saber que o Singer é tão bom assim. Confesso que nunca tinha ouvido falare só comprei por conta daquela promoção de 50% da Cia. Justamente essa edição listrada.

O Schulz vou deixar para ler com tempo, acho que ainda não é a hora certa para começar.


Agora um Autor que gostei muito foi o Ernesto Sabato, ainda não li nada de sua ficção. Mas gostei muito das suas idéias e conclusões no Dialógos com Borges. Comecei também a ler o "Apologías y Rechazos" ( primeiro livro que leio em espanhol,por enquanto uma experiência ) livros de Ensaios dele.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Ter Jun 04, 2013 9:20 pm

Alguem já leu esse do Nabokinha ?


Li o do Tchekhov, que vem como prefácio naquela edição portuguesa dos contos e achei muito bom.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Sab Jun 22, 2013 4:28 pm

Rafaels que é fã do Coetzee,já leu ou ouviu falar desse:



http://armonte.wordpress.com/2012/11/16/o-autor-como-personagem-o-dostoievski-de-coetzee/

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por César em Sab Jun 22, 2013 4:48 pm

Esse é bom pra fãs do Dostoiévski, mas o Tsipkin faz bem melhor Laughing

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Sab Jun 22, 2013 5:00 pm

Esse do Tsipkin é bom? Tu já leu o Verão em Baden-Baden??

Eu não gosto muito dessas coisas não. É preconceito literário meu, mas enfim. Escrever sobre um escritor antigo totalmente desconhecido ainda aceito. Mas criar personalidade de caras que são quase contemporâneos não me desce muito.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por RafaelS em Sab Jun 22, 2013 5:43 pm

O Metre de Petersburgo é um Coetzee menor (é até hoje o que menos gostei - e olha que falta uns 3 ou 4 só pra zerar o Coetzee).

E o Tsípkin (VErão em Baden-Baden) é absolutamente genial.

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por César em Sab Jun 22, 2013 5:51 pm

RafaelS escreveu:E o Tsípkin (VErão em Baden-Baden) é absolutamente genial.
É isso.

_________________
http://arecordfullofsournotes.tumblr.com

César
Púchkin
Púchkin

Mensagens : 1792
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 28
Localização : São Paulo/SP

Ver perfil do usuário http://twitter.com/likeapisces

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por tiago em Sab Jun 22, 2013 6:00 pm

Comprei esse Verão em Baden Bade.
E Asas, do Kuzmin, alguém já leu?

tiago
Crime e Castigo
Crime e Castigo

Mensagens : 849
Data de inscrição : 17/07/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por Jabá em Sab Jun 22, 2013 6:10 pm

tiago escreveu:Comprei esse Verão em Baden Bade.
E Asas, do Kuzmin, alguém já leu?

Tiago, eu tenho verão em Baden-Baden e está na pilha de minhas próximas leituras. Eu indiquei esse livro aqui. Diga que comprou por indicação minha e ficarei me sentindo o máximo durante o decorrer da semana.

_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Dom Jun 23, 2013 9:33 pm

Agora vai todo mundo  vai falar bem desse Baden-Baden só para mim ficar com vontade de ler!

Laughing
Vou guardar o nome e quem sabe comprar em uma promoção. Comecei a pensar e as criações do Sebald no Vertigem sobre o Stendhal, Kafka e Stendhal são muito boas, curti mesmo. Minha birra é por com livros que levam o nome do autor no título. Mas sei que também é bobagem, pois o "Papagaio de Flaubert" do Julian Barnes é bem falado por ai.

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por RafaelS em Dom Jun 23, 2013 9:41 pm

Tava nas lojas americanas a 3,9 Laughing

RafaelS
Ana Karenina
Ana Karenina

Mensagens : 399
Data de inscrição : 11/02/2013
Localização : Rio de Janeiro

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por lavoura em Dom Jun 23, 2013 9:45 pm

Laughing
Então já era. Pior que pelo Bondfaro ainda aparece, mas estão sem estoque. Quem sabe o skoob.
Essa promoção foi matadora!

lavoura
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 2348
Data de inscrição : 26/06/2012
Idade : 28

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por Jabá em Seg Jun 24, 2013 8:05 am

lavoura escreveu:Agora vai todo mundo  vai falar bem desse Baden-Baden só para mim ficar com vontade de ler!


Verão em Baden-Baden faz uma dupla jornada no tempo e no espaço. O narrador embarca num trem rumo a Leningrado (hoje São Petersburgo, assim como na época de Dostoiévski), em busca dos cenários da vida e da obra do autor de Crime e castigo. Ao lado dessa narrativa, que se equilibra entre ficção e autobiografia, outra viagem vai sendo recriada: aquela feita pelo romancista russo com sua jovem esposa Annya Grigorievna pela Alemanha, em 1867.
A atribulada viagem do casal começou por Dresden e seguiu por Baden-Baden, Basiléia e Frankfurt. O escritor vivia numa miséria extrema, fugindo dos credores, e a compulsão pelo jogo o levava a gastar ainda mais. Além das adversidades, porém, o livro também revela o amor profundo que unia Fiódor e Annya.
Última obra do soviético Leonid Tsípkin (1926-1982), Verão em Baden-Baden foi escrita sem a perspectiva de ser publicada. Graças a um amigo do autor, que driblou a censura do regime soviético e levou o texto para fora do país, parte do romance foi divulgado num periódico de Nova York pouco antes da morte de Tsípkin.
O autor combina a arte do biógrafo com a liberdade do romancista. O resultado, como diz Susan Sontag no prefácio, é uma "das realizações mais belas, arrebatadoras e originais de um século de ficção e de paraficção".

Fala sério. Qualquer coisa sobre Dostoiévski é suficiente para agitar os oxiúros do reto de qualquer leitor e fazê-lo sentir vontade de ler.


lavoura escreveu:Comecei a pensar ...


_________________
"Os livros que o mundo chama de imorais são os livros que mostram ao mundo a sua própria vergonha" (Oscar Wilde)

Jabá
Guerra e Paz
Guerra e Paz

Mensagens : 3734
Data de inscrição : 06/09/2011
Idade : 36
Localização : Teresina/PI

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por Becco em Sex Ago 09, 2013 9:37 am

Anaïs Nin.



Tenho o Henry e June.
É esse depois Incesto, depois Fogo?
Thaís? Quais livros dela você tem?

_________________

Becco
Dostoiévski
Dostoiévski

Mensagens : 2504
Data de inscrição : 11/07/2011
Idade : 37
Localização : Fortaleza - CE

Ver perfil do usuário http://literaturarussa.forumeiros.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Por onde começar.

Mensagem por Conteúdo patrocinado Hoje à(s) 10:36 am


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 11 de 12 Anterior  1, 2, 3 ... , 10, 11, 12  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum